terça-feira, 30 de novembro de 2010

Super Promoção Natalina entre Blogs!!





Oi pessoal!!
Mais uma promo aqui no blog ! *_* 11 blogs se juntaram e irão presentear vocês com 2 kits cheinhos de livros!




Leia as REGRAS e Boa sorte!!


O 1º sorteado irá levar para a casa:
- Cartas para Julieta
- Querido John
- Memórias de uma Gueixa
- Harry Potter e a Pedra Filosofal
- Eclipse
- A Morte do Cozinheiro
- 2012
- O Rei e o Camaleão


O 2º sorteado irá levar para a casa:
- Sussurro
- Dama das Amêndoas
- A Estrada da Noite
- Penitenciária Central
- A Hospedeira
- Espaço Inexplorado
- Diários do vampiro - o despertar- Blue Bloods



Regras:

1)Seguir todos os Blogs participante:

- Eu Amo Ler
- Faz Parte...
- Leituras do Kokoro
-
Sentimento nos Livros
-
World of Books
-
Book is Life
-
Ao infinito... e além?
- Literatura e Coisinhas
-
Na Cabeceira da Cama
-
Livia Ledier
-
Rabiscos do Sakode!

2) Deixar um comentário nesse post: “Papai Noel, li muitos livros esse ano, mas mereço receber um desses kits aqui na minha casa!”

3) Preencher o formulário com Nome Completo, Nome de Seguidor e e-mail (1 só vez! Em qualquer um dos blogs)

Formulário Aqui.


MAIS CHANCES DE GANHAR: (lembre-se: a cada divulgação preencha novamento o formulário colocando o link direto)

1) Twittar a seguinte frase (+1) Válido tweet a cada 12h: "Estou participando da #superpromoçãonatalina e concorro a 15 livros, participe! http://migre.me/2AiVu"

2) Divulgar o banner/imagem no seu blog e preencha novamente o formulário (+2).

3) Fazer cadastro na editora Pensamento – Cultrix (+5)


- Tem que ter endereço de entrega no Brasil.
- Cumprir todas as regras (leia atentamente!)
- O sorteio será feito pelo random.org
- Começa hoje (30/11) e termina dia (25/12)
- O resultado será anunciado em todos os blogs participantes!
- O ganhador terá até 2 dias para responder o e-mail.- Os prêmios serão enviados por cada participante, sendo que não chegarão juntos, para tanto o vencedor deverá aguardar até 30 dias para receber seu prêmio.



Dúvidas, manda um email para nicholek_@hotmail.com.

By Ni!

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Branco é para Magia - Laurie Faria Stolarz

Sinopse:
Já passou um ano desde que Stacey Brown salvou sua melhor amiga de uma morte horrível. Agora, ela voltou a ter pesadelos, assombrada por fantasmas de um brutal assassinato... E de um louco perseguidor. Assim que Stacey lança desesperadamente seus feitiços de cura, um novo estudante chamado Jacob entra em seu mundo. Misterioso e belo, ele revela que também tem tido pesadelos. Para impedir este assassino, ambos precisarão trabalhar juntos. Mas será que Jacob é confiável? Ou este novo amor fará seus piores pesadelos se tornarem realidade?

“Branco é para Magia” é o segundo livro da série “Blue is For Nightmares” da autora Laurie Faria Stolarz. Em “White is for Magic” voltamos a acompanhar a vida de Stacey Brown depois de todos os acontecimentos em “Azul é para pesadelo”. Ela superou a morte de Verônica? Como anda o namoro entre ela e Chad? E a amiga Drea? Vamos poder saber de tudo isso e muito mais nesse livro.

Mais uma vez Stacey tem os sonhos como guia para resolver um mistério iminente. Só que dessa vez, a vida de Stacey pode está correndo perigo. Muitas coisas ao redor acontecem na vida dela também, como se já não fosse o bastante sonhar com mortos e receber correspondências intimidades. Um grupo novo de alunos muito esquisito entrou no internato e também um misterioso cara que pode ter muito mais coisas em comum com Stacey do que ela imagina.

Eu tenho um carinho muito grande por essa série. A autora conseguiu criar uma história autêntica com o tema comum (magia). Começa pelo nome dos livros, que são bem convidativos e te deixam curioso com relação ao conteúdo e termina com toda a relação entre a magia, pesadelos e premonições, que formou uma mistura irresistível.

A estória é muito dinâmica e é uma daqueles livros que não tem como largar. Os muitos mistérios da estória te fazem criar mil e uma teorias. Adoro também a descrição da autora com relação a magia. É tudo tão minucioso e delicado que muitas vezes me vejo relaxando juntos com a Stacey quando ela acende uma vela para afastar os sonhos ruins. RSS...

Algo também muito legal é o limite entre a realidade de Stacey e os pesadelos que muitas vezes é tão tênue que você não identifica logo no começo. Os personagens também são muito divertidos, principalmente a Amber e o PJ (amigos da Stacey)... Sorrio muito com esses dois. Também não posso deixar de mencionar um novo personagem maravilhoso... Jacob *_* Imagine uma versão feminina da Syacey? Sim, um “Bruxinho”. RSS... Adorei e vou torcer pelos dois.

Esse livro é tão bom quanto “Azul é para pesadelo” e já estou ansiosa pelo próximo. Nossa bem que a editora podia acelerar em... Demorou muitooo para esse sair =/. Um elogio para essa edição é a capa... Tá muito linda, os detalhes ficaram perfeitos. Fiquei encantada!

Só elogios para esse livro e é claro que eu recomendo para os que gostam de gênero.{}


Série “Blue is For Nightmares”:

domingo, 28 de novembro de 2010

Desafio Percy Jackson - Resultado Final.



Primeiro, agradeço a todos os que participaram, que foram até o fim e tornaram possivel o desafio. Aprendi bastante com esse primeiro desafio do blog e espero que venham outros por ai. Segue a lista com a pontuação final, nome do ganhador do desafio e o prêmio escolhido:





Déborah Tupá – 770 pontos


Adriana de Freitas – 735 pontos.



Barbara Soares Souza(Dreamersecret)- 645 pontos



Paula Roberta Pires Miranda- 640 pontos.



Matheus Aloysio - 625 pontos



Caroline Juliane Bonifácio- 545 pontos



Júlia Ribeiro Maciel-520 pontos



Roberta Caetano da Rocha-515 pontos



Alice Santos - 470 pontos



Dyana Camila – 420 pontos







Débora entra em contato pelo email nicholek_@hotmail.com.
By Ni!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Todo ar que respiras - Judith Macnaught.


Sinopse:
Dona de um restaurante em Chicago, Kate Donovan não poupa esforços para cumprir seus objetivos. Mitchell Wyatt é um empresário de personalidade indomável, herdeiro da expressiva fortuna da família Wyatt. Kate tentou resistir a Mitchell, mas foi em vão. A princípio, deram passagem à timidez, mas com o tempo se entregaram a um turbilhão de emoções novas e mágicas, diferente de todas as experiências que já haviam vivenciado.O cenário da paixão arrebatadora é a ilha tropical de Anguila, terrritório britânico no Mar do Caribe. Mas a plenitude da felicidade chega ao fim quando Mitchell é intimado por sua família a comparecer ao interrogatório sobre o desaparecimento de seu irmão.Insegura, Kate começa a desconfiar do que sabe a respeito de sua misteriosa paixão.Numa história que dosa paixão, mistério, assassinato e psicologia em tom dinâmico e arrebatador, a mestre do romance Judith McNaught, autora do best- seller Whitney, Meu Amor, instiga leitores do mundo inteiro a conhecer o desfexo dessa eletrizante relação de Kate e Mitchell e das inúmeras intrigas em que se envolvem.



“suspiros”... Tão lindo... “Suspiros”...


Eu amooo os livros da Judith. Viciei desde quando li o primeiro livro dela que me foi indicado por uma amiga no Skoob (Const, Obrigada!) e não parei mais. A Judith escreve histórias apaixonantes para os fãs de romance, seja ele histórico ou não.


Todo ar que respira” está entre os livros da Mcnaught com um romance mais moderno e esse grupo é tão bom quanto os de romances históricos. Nesse livro a Judith conta a estória de Mitchell Wyatt e Kate Donovan, como suas vidas evoluíram e se entrelaçaram.


Mitchell Wyatt: O passado de abandono foi motivador para ele chegar aonde chegou... Um homem rico que evitar manter muitas ligações afetivas ao seu redor. Mostra-se indiferente diante da família que o abandonou, mas no fundo é uma pessoa maravilhosa e a Kate terá o “árduo” (eu queria) trabalho de conseguir isso.


Kate Donovan: A mocinha da história é decidida e romântica, acredita na magia do amor e logo no começo do livro passa pela provação de perder o pai. Ao lado da amiga Holly e do seu padre-tio ela terá que passar por essa situação.


Kate e Mitchell se conhecem em uma ilha e se apaixonam logo de cara, mas é obvio que a estória não seria perfeita logo ali. Kate tem um namorado, Evan =eca, e ela se sente mal com toda a situação. Toma a decisão: Vai ficar com Mitchell, afinal nunca sentiu algo tão forte e ela tem certeza que ele está no seu destino.


Mas os desencontros da vida acabam por separá-los. Cada um volta a sua vida e o rancor por tudo o que acreditavam ter vivido e que acabou sendo “mentira” é o principal companheiro. Muitas surpresas acontecem a parti daí. Assassinatos, suspeitos, seqüestros...


O único ponto negativo... Achei esse livro muito rápido comparado ao outros da Judith. Os acontecimentos não tiveram uma pausa longa. Mas isso não tirou o charme do livro e o enredo maravilhoso da Judith ficou intacto.


Não sei se é só comigo, mas ao chegar aos livros da autora eu sempre sinto um vazio enorme. Tenho vontade de continuar convivendo no mundo dos personagens maravilhosos criados por ela.


Algo interessante nesse livro é a participação de alguns personagens de outros livros... Adorei ver a Meredith e o Matt de “Em Busca do Paraíso” *_*


O livro tem os ingredientes perfeitos de todo livro romântico... Homens que te fazem suspirar, uma mocinha que você inveja (porque gostaria de está no lugar dela =D), uma história de amor linda e cheia de brigas e conciliação. É um enredo que leio muito, mas que não canso.



"Con ogni respiro che prendo"... Ele não disse
apenas prometo. Em vez disso, respondeu: "Com todo o ar que eu
respiro
"


Maravilhoso s2

Leiam *_*


By Ni!

Desafio Percy Jackson - Segunda Parte.



Oi gente!!!

Primeiro de tudo, sorry!!! Ontem fiquei sem net(mudei de plano) e por isso o desafio não aconteceu na data marcada.

Diante disso vou fazer algumas modificações. A prova de ontem fica para sábado(Dia 27/11) e a de sábado que seria a última fica para domingo junto com os resultados ok?

Participantes e suas pontuações(Primeira etapa + segunda etapa ):

Déborah Tupá – 430 pontos

Caroline Juliane Bonifácio- 335 pontos

Adriana de Freitas - 420 pontos

Paula Roberta Pires Miranda- 375 pontos

Júlia Ribeiro Maciel -340 pontos

Matheus Aloysio 400 pontos

Alice Santos 300 pontos

Dyana Camila 250 pontos

Barbara Soares Souza(Dreamersecret) 390 pontos

Roberta Caetano da Rocha 385 pontos

Mariane Zimmermann(Mari) 295 pontos

Erica Martins 210 pontos.

By Ni!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Desafio Percy Jackson - Primeira Parte.






Oi queridos leitores e Desafiados!!

A primeira parte do desafio acabou! Adorei a participação de todos e me diverti corrigindo. =)
Abaixo os pontos extras(antes do desafio) + Pontuação por questão. A ordem é por inscrição e não por quantidade de pontos. Quem quiser o desafio gabaritado por email é só perdi.

Amanhã Tem a segunda parte. NÃO PERCAM!



Pontuação:

Déborah Tupá = 210


Caroline Juliane Bonifácio =205 pontos


Adriana de Freitas = 230 pontos


Paula Roberta Pires Miranda =205 pontos


Júlia Ribeiro Maciel= 140 pontos


Flávia Kelly= 175 pontos


Matheus Aloysio =200 pontos


Barbara Fantini(Bookdepository girl) = 180 pontos


Alice Santos = 155 pontos


Dyana Camila =60 pontos


Leonardo Santana Teixeira =210 pontos


Renata Gomes de Souza(Rê)= 175 pontos


Barbara Soares Souza = 185 pontos


Roberta Caetano da Rocha= 180 pontos


Mariane Zimmermann(Mari)= 140 pontos


Erica Martins= 175 pontos

By Ni!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sou Louca Por Você - Federica Bosco.



Primeiro eu tenho que comentar sobre a capa, porque é tão lindinha, me encantei pela textura das letras, da imagem, deu até vontade de comer aquele cupcake da... Vou parar por aqui porque já estou parecendo doida. RSS... Mas sério, é muito bonitinha.

O grande defeito do livro é o tamanho. Porque esse livro é tão pequeno? Mal pude acreditar quando acabou, li em uma hora e meia! Sério, apenas 179 páginas. Uma estória tão legal merecia mais. Tirando isso, tudo flores.

Monica é uma italiana que mora em Nova York e sonha em ser escritora. Entretanto, atualmente trabalha em antiquário com duas senhoras rabugentas, divide o apartamento com duas figuras (Um gay e uma Cantora), e acabou de ser largado pelo namorado que já tinha namorada. Sim, uma vida bem complicada tem essa Monica, não?

Durante a narração da trajetória de Monica em busca de seus sonhos e de entender sua situação no mundo (Eu estou filosofando um pouco), Federica Bosco trás para o leitor todos os ingredientes de um bom Chick Lit: muitas risadas, desilusões amorosas, crise de existência, dúvidas traidoras, romance... Adoro essa mistura, é tão relaxante!

Adorei os personagens. Principalmente o Mark (Me acabei de rir!) e o Ed. E a viagem de Monica e Ed para conhecer o autor( J. D. Salinger) preferido de Monica? Foi tão linda.


Também rir muito do livro que a Monica escreve, chamado “O Jardim dos ex”. Deu para perceber que o que eu mais fiz foi rir né!? O livro é muito divertido, rir do começo ao fim. A Monica é daquelas personagens que você se identifica, que você torce com todas as forças por um final feliz.

Super recomendo para os amantes do gênero. Totalmente Bridget Jones à italiana.


A estória de Monica tem continuação. o/ As seqüências são “L’amore non fa per me” e “L’amore mi perseguita”. Já não vejo a hora de ler. - Acho que vou correr para o meu tão desejado curso de Italiano *_*. Vi cada livro lindo no
SITE DA AUTORA.

Clique aqui para ver o primeiro capítulo.

domingo, 21 de novembro de 2010

Escuridão - Elena P Melodia.

Sinopse
Alma tem 17 anos, e nada em sua vida difere das meninas de sua idade: escola, programas com seu grupo de amigas, tédio e impaciência na relação com a família. Até o dia em que vê um caderno roxo numa vitrine e, por puro impulso, o compra. A partir daí, acontecimentos horripilantes começam a se suceder. Todos descritos em detalhes nas páginas do caderno...antes de acontecerem. Com a letra dela. Que não se lembra de ter escrito nada. Quem é Alma, na verdade? Quem é Morgan, seu misterioso amigo de escola, que parece ter respostas para o que está acontecendo? E como impedir que as forças do mal se aproximem dela e de quem ela ama?


Antes de tudo, vou dizer: Eu conseguir! Thanks God! Depois de uma semana e alguns dias eu finalmente terminei a leitura de “Escuridão”. Eu normalmente leio livro muito rápido, mas com “Escuridão”, manter essa característica foi praticamente impossível e eu vou explicar o porquê.

A idéia do livro é muito boa e a escrita da Elena Melodia é maravilhosa, cheia de comparações e rica em detalhes, o motivo do meu atraso foi a minha não simpatia com a protagonista. A Alma é uma personagem pouco cativante e a meu ver foi mal construída, ela é tão contraditória. Por exemplo, ela afirma que não suporta grupos cheios de segredos que fazem todo um suspense para novos membros e porque então ela faz a mesma coisa no dela? Tem até uma prova para quem quer ser do grupinho da Alma... Comofaz?

Ela passa a idéia de “Eu sou perfeita, você é um lixo”, bem esnobe. Ela julga as pessoas do alto de um pedestal, detesto isso. A família, os “amigos”, ninguém escapa. Para mim a autora carregou muito na formação da personagem. Para resumir eu detestei a Alma e isso prejudicou minha leitura, o que não quer dizer que eu não vá ler as continuações... Por que eu vou. Como eu disse no início a idéia é boa e a história tem seu quê de mistério e isso prende o leitor.

O livro gira em torno de misteriosos assassinatos e a possível ligação com Alma. Desde um grave acidente que sofreu, Alma tem tido sonhos conturbados e difíceis de serem entendidos. Quando um caderno roxo surge rabiscado pela manhã contendo a descrições desses sonhos, Alma sabe que nada mais pode ser igual e é o momento de ir à busca da verdade antes que ela seja a próxima vítima. – acabei de descobrir que eu posso fazer chamada de filmes de terror/suspense =0.

Perseguições, suspense, mistério... Tem de tudo um pouco, mas não se enganem o livro não tem uma estória muito dinâmica. É bem parado, sem grandes acontecimentos. O final foi mais emocionante e a autora deixa o leitor cheio de idéias e teorias. Quando eu pensei que o mistério estava próximo a ser resolvido tem uma reviravolta. =/ Sem dúvidas só nos próximos capítulos dessa saga saberemos.

Não tem muita coisa para falar sobre os personagens, com algumas exceções, a autora dá mais ênfase para a protagonista mesmo. Bom, então vamos as exceções... A Agatha é a amiga da Alma que mais se destaca, pois ela é muito reservada e de um temperamento agressivo e tem um mistério em torna da tia dela. O Morgan é outro personagem que se destaca. Ele é misterioso, parece saber algo que Alma não sabe e está sempre por perto para ajudar Alma. Ele é bem indefinido nesse primeiro livro, mas eu gostei dele. Foi meu personagem preferido. Também tem o Professor k e a irmãzinha da Alma (mesmo caladinha esse menininha não me engana. RSS...), os dois, penso eu, sabem algo.

O ponto forte do livro é esse suspense e a indefinição da participação de vários personagens, a autora soube fazer isso muito bem. Então se você gosta de livros nesse estilo, Leia.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Em outra língua - Saving Juliet.


Sinopse:

Mimi Wallingford, é a tataraneta de Adelaide Wallingford e tem a vida que a maioria das garotas desejaria, interpretando Julieta ao lado do ídolo adolescente Troy Summer, na Broadway, na famosa obra de Shakespeare. Infelizmente, ela não tem vontade de ser atriz, um fato que sua mãe tem dificuldade de entender. Mas quando ela e Troy são magicamente levados a Verona de Shakespeare, vivenciam a rivalidade entre Capuletos e Montéquios em primeira mão. Mimi se dá conta de que ela e Julieta têm mais em comum do que o Script de Shakespeare – ambas brigam pelos seus futuros e suas próprias escolhas. Mimi se sente obrigada a ajudá-la e com a inesperada ajuda de Troy, espera dar a tragédia mais famosa de Shakespeare um final feliz no fim.




“O Sr. Shakespeare escreveu uma vez, Nossa dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que poderia ser nosso pelo simples medo de tentar. Em outras palavras, um desejo é um bom lugar para começar, mas logo você tem que tomar uma atitude e fazer com que aconteça. Tem que pegar uma pluma e escrever a sua própria história”



Mais uma resenha no Blog... Ufa, pensei que não fosse consegui posta nenhuma essa semana! “Escuridão” está me atrasando tanto nas leituras- Não gosto de abandonar livros, por isso estou decidida a continuar a leitura até o fim! o/ Mas vamos lá... Que “Saving Juliet” é outra história!

Eu adorei esse livro. A autora inovou reinventando a história de um clássico mundial, “Romeu e Julieta” de Shakespeare.

Mimi Wallingford é tataraneta de uma atriz consagrada, Adelaide Wallingford. Na verdade, a arte da atuação é algo muito presente na vida da família de Mimi. Seu pai era ator e sua mãe, mesmo estando afastada dos palcos, gerência o teatro da família. Pois bem, Mimi cresceu em um ambiente onde a influência para exercer a profissão era grande, não é? Acontece que mesmo tendo vivido constantemente essa realidade, Mimi tem verdadeiro pavor cênico. Ela não quer ser atriz e esta atuando no momento apenas pela insistência da mãe.

Ao lado de Troy Summer (Um cantor pop famoso), Mimi está apresentando o clássico shakespeariano e imaginem Julieta com pânico cênico, é muito divertido. A vida de Mimi já é ruim por ter que fazer algo que não deseja e contracenar com um mimado artista faz tudo ficar ainda pior, por isso ela já está cheia de planos para quando a temporada da apresentação de Romeu & Julieta acabar, visitará sua tia e conhecerá sua provável futura faculdade de medicina.

Mas é claro que não podia ser tão fácil. No último dia de apresentação algo inesperado acontece e ela acaba na Verona de Shakespeare e em uma das histórias mais conhecidas do Mundo, Romeu & Julieta. Ahh, adivinhem que acaba também por lá? Sim, Troy Summer.

Envolvida nessa aventura, Mimi descobre ter mais em comum com Julieta do que imaginava e já que estava por lá mesmo, porque não Salvar Julieta?

Gostei muito da história e adorei a forma com que a Suzanne Selfors caracterizou os personagens históricos. Romeu foi transformado em um dramático cômico e Julieta ficou muito engraçada. Como a Mimi entrou na estória, o enredo do clássico acabou se modificando e isso acabou sendo o mais legal, imaginar o que aconteceria e qual mudança a Selfors iria fazer.

Por exemplo, Como afastar Páris da idéia de matrimônio? Julieta se encheu de cebola. Casar com alguém com um hálito e cheiro de cebola no corpo? Nem pensar! RSS..

A mimi, apesar de aparentemente ser meio dramática, é uma protagonista muito cativante. O Troy cresce ao longo do livro, mas não é o típico mocinho idealizado todo perfeito que arranca suspiro (Tá, algumas partes sim!), e sim um personagem mais real, que fala o que pensa e não o que as pessoas querem ouvir e que na hora certa toma boas atitude.

Vou parar por aqui se não vou continuar até...

Uma ótima leitura, recomendo!

#Eu estive no site da autora (que por sinal é muito fofo) e lá cada livro tem uma página dedicada a ele, onde a autora fala sobre a inspiração para criar cada um, além de fotos, ilustrações e mensagens de fãs. E sobre “Saving Juliet”, ela diz que algo que a influenciou foi que em um montagem da peça de verão ela representou Mercutio (Sim, um personagem masculino) e adorou, Romeu & Julieta acabou se tornando a sua peça favorita de Shakespeare.


- Outras obras da autora:





Como diz na homepage "Magical stories for all age"(Histórias Magicas para todas as idades)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

.Desafio Percy Jackson.






Oi gente!!


Como prometido, hoje trago para vocês o primeiro desafio da Blog, o "Desafio Percy Jackson". O desafio vai acontecer nos dias 23 a 28/11 e as inscrições serão no período de 17 a 22/11. Valendo um dos livros da série(de acordo com a escolha) ou você pode optar pelo Dvd do filme. LEIA AS REGRAS E A PROGRAMAÇÃO COM ATENÇÃO!


Regras



1 - Ser seguidor do Blog.


2- Se inscrever através do formulário - CLIQUE AQUI.


3- Participar das 03 etapas e enviar as respostas dentro do prazo estabelecido( até a meia-noite do dia de cada etapa).


4- Ter endereço para a entrega do prêmio no Brasil.



Programação



23/11(terça-feira) - Primeira etapa.


24/11- Resultado.(primeira etapa)


25/11(quinta-feira)- Segunda etapa.


26/11- Resultado(primeira etapa + segunda estapa)


27/11(Sábado)- Terceira e última etapa.


28/11- Resultado final do desafio.



Quer começar o desafio com pontos?


- Comentou no post Especial#3 - Série Percy Jackson e Os Olimpianos?


- Participa da comunidade do blog no Skoob? Clique Aqui.



ATENÇÃO



- Nos dias das etapas você receberá as perguntas pelo e-mail cadastrado e terá até a 00:00 do dia da etapa para a entrega de suas respostas. O participante que não cumprir com esse requisito será eliminado.


- Critério de desempate: No caso de acontecer empate, será feita uma nova etapa do desafio para o desempate.





Gente, é isso! Qualquer dúvida pelo email: nicholek_@hotmail.com ou Skoob.


Espero uma boa participação para que tenham novos desafios no blog e agradeceria muitoooo mesmo aos que ajudarem na Divulgação.


Bjs


By Ni!


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Especial # 3 - Série Percy Jackson & Os Olimpianos.

Oi gente!

Resolvi fazer esse post sobre a Série Percy Jackson e os Olimpianos porque essa semana eu vou lançar o primeiro desafio do blog e será sobre o Percy.

Eu li há um tempo a série e me apaixonei. Está entre as minhas séries juvenis preferidas. Rick Riordan me conquistou com uma estória criativa, dinâmica e personagens que cativam o leitor.

A série é composta por cinco livros mais um bônus para os fãs, os arquivos do semideus. Ao longo da série a escrita do Rick e a estória do Percy vão ficando maduras e melhores, o que faz com seja impossível larga.

Mitologia Grega é o tema do livro e Rick Riordan soube com maestria explorar o tema e fazer com que Percy Jackson e os Olimpianos se tornasse uma das séries queridinhas dos últimos tempos. Um acampamento de semideuses (Filhos de Deuses e humanos), missões de tirar o folêgo, descrições de um EUA moderno habitado por Deuses e lendas antigas fazem parte dessa mistura.

A série gira em torno de uma grande profecia. No decorrer dos livros, Percy e CIA vão enfrentar diversas batalhas até chegar ao grande confronto em O Último Olimpiano.

A meu ver, Percy simboliza todos os leitores que são jogados, assim como ele, em um mundo desconhecido, mas que a cada livro toma conhecimento de todos os detalhes. A todo o momento estava eu me perguntando “o que é isso” e lógico que o Percy perguntava logo em seguida e eu ficava satisfeita com a resposta. Adorei esse vínculo, o Percy assim como todos os personagens criados pelo Riordan são apaixonante. (Até mesmo os personagens do Mal).

A estória é recheada de mistério e eu bolei milhares de teorias e Ah MEU DEUS o Riordan sempre me surpreendia. Amei essa série e recomendo se você gostar do estilo. Uma história que iniciou de forma despretenciosa e terminou da melhor forma possível. Estou morrendo de saudades de Percy e estou louca por “The Lost Hero”, quero ver o acampamento meio sangue novamente.

Vou colocar minha impressão de cada um dos livros e ATENÇÃO para os que não leram, pois pode conter SPOILER.







O primeiro livro da saga não foi aquele inicio mais empolgante que existe, mas como ouvir falar tão bem da série eu fiquei decidida a continuar. “Ladrão de Raios” conta o começo de Percy no mundo da mitologia e do acampamento. Logo de cara ele é acusado de roubar o raio do todo poderoso Zeus e tem que provar que não foi ele. Mais as dificuldades são bem maiores do que ele imagina. Acho que esse é o livro mais fraco da série, mas dá para entender afinal é o começo não é?







Nesse livro Percy e seus companheiros vão em busca de um antídoto muito valioso, isso porque as fronteiras mágicas do acampamentos estão morrendo. Acontece que esse antídoto é nada mais que o Velocimetro de ouro e para conseguí-lo eles terão que passar pelo Mar de Monstros que como o próprio nome diz não deve ser nenhum passeio agradável. Percy continua perguntando muito, mas dá para perceber que está um pouco mais maduro. E o Tyson, meio irmão do Percy aparece. (Um grandão super desengonçado... dei boas risadas). Esse é bem melhor que o primeiro.





Se “Mar de monstro” não conquistar você, de “Maldição do Titã” não passa. Esse livro é Maravilhoso! Nele vamos ter os primeiros Vislumbres do verdadeiro inimigo do Olimpo, dois novos semideuses serão encontrados e Percy terá apenas uma semana para encontrar uma Deusa que foi sequestrada. Ahhh... Chorei com a morte da Zoe. Conheci a Rachel (fonte dos ciúmes da Anabeth). Adorei a decisão da Talia e fiquei aflita quando quase a Anabeth ia pelo mesmo caminho. (Com o Percy ia ficar?). Adorei!








A estória ainda melhor! Como é possivel? Sim, é! “Batalha do Labirinto” está ente os meus preferidos. Como o próprio nome diz Percy, Anabeth, Tyson e Grove vão enfrentar uma dificil batalha, a do labirinto. Percy e CIA tentarão deter os avanços do exército de Cronos, que quer invadir o acampamento e para isso eles terão que chegar antes da turma de Luke e encontrar o fio de Ariadne. Aconteceu o beijinho entre a Anabeth e Percy (so cute), rir muito das crises de ciúme de Anabeth, amei a genialidade do Labirinto e tudo o que aconteceu nele. Totalmente eletrizante, impossível foi eu parar de lê. Não me segurei enquanto não terminei o livro, muito bom!








Só uma palavra para descrever o último livro da série: Perfeição. O Riordan arrasou na trama e na finalização de Percy Jackson e os olimpianos. A grande guerra tem início logo no começo do livro e foi tudo tão dinâmico que acabei com aquela sensação de “Não acredito que já acabou, foi tão rápido!” Fiquei feliz com o rumo dos personagens, mas também triste com a morte de alguns. Nossa e a batalha? Perfeita! De um lado, os semideuses tentando evitar a invasão do Olimpo e do outro, os Deuses do Olimpo lutando contra um super monstro que estava acabando com o país. Ameiiii e sem dúvida foi digno de fim de série, mas é obvio que como todo bom autor, Rick é também terrorista e deixou no final da saga outra grande profecia a ser desvendada. Quero a nova saga de Rick Riordan Já!





Como eu disse, “arquivos do Semideus” é um bônus para os fãs. Nesse pequeno livro, que por sinal ficou muito lindo com a capa dura, nós ganhamos três pequenas história de Percy e outros detalhes fofos como: Questões para testar nosso conhecimento, entrevistas com alguns personagens e muito mais. Quem é fã amou (EU)!

domingo, 14 de novembro de 2010

Eu & os livros essa semana # 3



"Meme semanal sobre minhas
leituras. O que eu li, relir, estou lendo ou pretendo ler"







Minha semana com o livros foi fraca. =/



Lidos...



Vampiratas {} - Adorei e está entre os meus favoritos.



Lendo...


Escuridão - Não estou gostando, a protagonista é irritante. Bem hipócrita, mas eu falarei mais na minha resenha(Se eu conseguir acabar o livro).


Saving Juliet - Estou no começo, mas já estou gostando! E essa Juliet ai é a de Shakespeare sim! *_*



Reli...



Fiquei entediada com a leitura de Escuridão e acabei pegando alguns livros para reler... e advinha onde fui parar? No mundo da Beck Bloom. Reli algumas loucuras dela e fiquei com saudades... Quero o sexto livro urgentemente!!!



Vou Ler...



- Vou fazer "Mamãe mandou"... são tantos!



By Ni!

sábado, 13 de novembro de 2010

Promoção ...."Biblioteca Lua de Papel"

A lua de papel lançou uma super promoção para comemorar o dia nacional do livro... Que tal ter a opotunidade de concorrer a um exemplar de cada título que a lua de papel já lançou no Brasil? é bem simples:

Para participar basta ser seguidores da Lua de Papel no Twitter (@luadepapel_bra) e darem RT na seguinte frase:
#Promoção 5000 seguidores da @luadepapel_bra – Esta coleção eu mereço! -
http://migre.me/1QHf5
Quando forem atingidos o número de 5000 seguidores o sorteio vai acontecer! O/

By Ni!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Vampiratas # 1 Demônios do Oceano.


Sinopse
2505, litoral oeste da Austrália, em um lugar conhecido como Baía Quarto Crescente, é ali que os irmãos Connor e Grace partem, após a morte do pai, faroleiro da cidade onde viviam. Negando a serem adotados ou irem para um orfanato, decidem fugir pelo mar, no pequeno barco de seu pai. Contudo a sorte dos irmãos não melhora, pois quando conseguem se afastar da costa são pegos de surpresa por uma tormenta. A pequena embarcação não suporta e é partida em dois, jogando Grace e Connor nas águas em revolta. Os dois logo são resgatados, o garoto por piratas e Grace pelos lendários Vampiratas.



"Se piratas são ruins, e
vampiros, pior, então rezo para que enquanto eu viver, não chegue a um Vampirata
ver!"


Meu primeiro pensamento ao encontrar o livro, há muito tempo atrás, foi “Que idéia maravilhosa juntar Vampiros e Piratas”, já o meu segundo foi “Mas que livro caro!” Por isso, acabei demorando esse tempo todo para ler! Como esse primeiro volume eu ganhei de presente (Obrigada Cris!) agora,enfim, estou começando a leitura da série!

Deu para perceber que eu tinha grandes expectativas quanto à estória, não é? Pois bem, elas não foram frustadas!! =D Adorei Vampiratas “Demônios do oceano” e a leitura me deixou feliz e louca para ler a continuação. Agora vamos ao livro:

Vampiratas é uma estória futuristica, acontece em 2505, e conta a trajetória dos irmãos gêmeos Grace e Connor Tormenta (Adorei esse sobrenome) que perdem o pai logo no inicio da estória e passam a enfrentar sozinhos uma nova realidade. Sem a proteção do pai e diante de toda uma cidadizinha asquerosa (meu julgamento) Grace e Connor decidem se aventurar em alto mar. Logo no começo da viagem os gêmeos enfrentam uma furiosa tempestade que causará o afundamento do barco e a separação deles.

Dois barcos. Dois destinos. Connor embarcará em um navio pirata comum e Grace conhecerá o tão cantado navio vampirata, onde coisas estranhas acontecem.

Os dois terão que viver em barcos com realidades diferentes, mas com igual desafio e objetivo: Adaptarem-se ao cotidiano dos navios e tentar se reencontrar.

Esse primeiro livro é feito para todos conhecerem e se ambientarem com a diferente estória criada por Justin Somper. O livro é dinâmico e a leitura é bem fácil. Adorei os personagens dos dois barcos, menos o Sidório que logo de cara é antipático. Lorcan é o meu vampirata preferido e adorei o Bart e do capitão do navio Diablo. E o final? Somper deixa o leitor ancioso pela continuação. #Quero o meu.

Um livro para quem gosta de aventura e tem imaginação! Super recomendo!

domingo, 7 de novembro de 2010

Em outra Língua - Something, Maybe.

Sinopse:
Todo mundo acha que seus pais são embaraçosos, mas Hannah sabe que supera todos. O pai dela fez fortuna mostrando garotas bonitas - e seu estilo de “festa” – por toda a internet, e a mãe dela, que uma vez foi uma das namoradas do pai dela, é agora a estrela de seu próprio site. Depois de ganhar o tipo errado de atenção por muito tempo, Hannah aprendeu como ficar fora de vista... Assim é como ela gosta. É claro, que ser desconhecida não a esta a ajudando a ser notada pelo lindo e seguro Josh, quem Hannah tem certeza que é sua alma gêmea. Entre tentar descobrir um jeito de fazer ele notá-la, lidar com os pais dela, e imaginar por que ela não consegue parar de pensar sobre outro garoto, Finn, Hannah sente como se fosse ficar louca. Ela está determinada a fazer as coisas saírem do jeito que ela quer... Só que o que ela quer talvez não seja o que ela precisa.

Bom, vou tentar falar algo sobre o livro, mesmo não tendo muito coisa para falar, porque eu prometi a mim mesma (*_*) que faria resenha de todos os livros que eu lesse.

Something, Maybe é da autora Elizabeth Scott e eu tenho que confessar para vocês que dos livros que eu li dela o único que eu gostei mesmo foi Bloom, que é fofo e tem uma história mais consistente comparada a outros livros da autora que já li (The Unwritten Rule, Perfect You). Mesmo com esse saldo negativo para o lado da Scott eu continuo persistindo e lendo os livros dela, as capas são tão lindas. RSS..

Bom, a história de Something, Maybe é fraquinha, muito rápida e sem grandes acontecimentos. Sabe aquele livro que vai e volta para o mesmo lugar? Pois é, SM é assim.

A história gira em torno de Hannah que tem dezesseis anos e mora com sua mãe, que tem um programa na internet. Ela vive conflitos com relação ao pai, Jackson, como ela prefere chamar, que também tem um programa na web onde apresenta lindas garotas nos mínimos trajes (Sim, a mãe de Hannah já foi uma um dia, mas agora tem o seu próprio reality show). Hannah, por ter pais um tanto exóticos, sempre fez questão de se manter anônima... Quase não tem amigos e sua vida se resume a escola-casa-trabalho-casa, resumindo um verdadeiro tédio que Hannah não faz questão de mudar.

Bom, a vida amorosa não poderia escapar desse conflito, não é? Josh é o centro dos pensamentos dela e para Hannah ele é sua alma gêmea. Ele é simplesmente perfeito, mas de difícil acesso. E do outro lado tem Finn, que às vezes questiona a certeza de Hannah. Humm... Pois é, triângulo amoroso. RSS. Gostei do Finn, ele foi o meu preferido.

Além da atuação fofa do Finn eu gostei muito dos momentos em que a Hannah relembrava do José, seu padrasto falecido dois anos antes. Essas partes foram as mais intensas, eu derramei até lágrimas. =/

Enfim, Something, Maybe ficou sendo uma história entre tantas para mim. Não se destacou, mas isso não significa que eu deixe rotulado aqui como “NÃO LEIA”, leia sim e tire suas próprias conclusões.

Duas estrelas pelo Finn!
Outros livros da Scott... As capas não são lindinhas?

sábado, 6 de novembro de 2010

Eu & os livros essa semana #2







"Meme
semanal sobre minhas leituras. O que eu li, relir, estou lendo ou pretendo
ler"






Lidos...

. A garota da Terra do Vento
. Morto até o anoitecer
. Love at First Click
. Gone - O Mundo termina aqui {♥}




Lendo...

. Something, Maybe (Elizabeth Scott)- Até agora nada de extraordinário, a personagem principal é meio cega p/ o que está acontecendo ao redor dela. Odeio isso ¬¬



Vou ler...

.Vampiratas#1 ♥... nem li, mas eu já amo! Estou louca por esse livro há séculos. Record que livro caro! ¬¬
. Escuridão





By Ni!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

GONE - O Mundo Termina Aqui.

Em um piscar de olhos, todos com mais de 14 anos desaparecem. Restam adolescentes. Pré-adolescentes. Crianças. Nenhum adulto. Nenhum professor, policial, médico ou responsável. Linhas de telefone, redes de televisão e a internet param de funcionar. Não há como pedir ajuda. A fome é intimidante e a violência começa. Os animais parecem estar se transformando, e uma criatura sinistra está à espreita. Os próprios adolescentes estão ficando diferentes, desenvolvendo novos talentos: poderes inimagináveis, perigosos e mortais, que crescem dia após dia. É um mundo novo e assustador. É preciso escolher um lado — e a guerra é inevitável.

Terminei o livro extasiada e também preocupada. Porque? Bom, essa resenha sobre "Gone" nunca vai chegar perto do quão fantástica é a história. Vai ser dificil expressar por palavras a genialidade da idéia do livro, sem demagogia nenhuma. Mas eu vou tentar...

Se fosse para classificar o livro, eu colocaria Gone junto a Jogos Vorazes, tanto pela maravilhosa história quanto pela originalidade. Michael Grant transformou uma temática, pelo menos para mim, receosa em algo que até os mais céticos e inflexíveis vão se render. Escreveu ficção científica sem ser banal. Escreveu sobre uma realidade distante sem ser só mais um.

E um alerta, como disse a Nina em sua resenha, Gone não é um livro para fracos. E está bem longe de um livro infato. Os personagens crescem. São crianças maduras lutando pela sobrevivência em um mundo desconhecido. O autor não esconde os detalhes, ele expõe e explora tudo o que pode acontecer em cada situação. Mortes, violência, extinto aflorando... tudo acontece no LGAR.

Como se adultos que desaparecem sem nenhuma explicação não fosse o bastante temos também crianças com poderes, animais mutantes e uma turma nada do bem querendo o poder a qualquer custo.

Sam,Astrid, Edílio, o pequeno Peter e CIA são o grupo que estará a frente dessa batalha. Sim, Praia perdida se tornará um cenário de guerra e horrores.

Os personagens são um show a parte. Até os maus são admiráveis:Drake, Cine e Diana são geniais. Na turma do bem os meus queridinhos foram o Sam, Astrid e a Maria. E não posso deixar de dizer, para aqueles que gostam, que tem romance.(EU)

Muitos mistérios rodam a história:Como isso tudo começou? Estamos em um mundo a parte? Que barreira é essa? A Usina tem algo a ver com isso? E os poderes?... são dúvidas que não acabam mais e é só o inicio do sofimento para nós leitores. #Louca por Hunger.

O livro é eletrizante, quinhentas páginas que passaram voando e eu tentando ao máximo adiar esse fim. Fiquei com o gostinho de quero mais e com a certeza que o segundo livro vem com ainda mais escuridão. Que final foi aquele? Grant arrasou. Muito além de cinco estrelas...

- Outras capas de Gone. A brasileira não mandou mal... =D

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Momento Poesia # 2


Poema obsceno


Façam a festa
cantem e dancem
que eu faço o poema duro
o poema-murro
sujo
como a miséria brasileira
Não se detenham:
façam a festa
Bethânia Maninho
Clementina
Estação Primeira de Mangueira Salgueiro
gente de Vila Isabel e Madureira
todos
façam
a nossa festa
enquanto eu soco este pilão
este surdo
poema
que não toca no rádio
que o povo não cantará
(mas que nasce dele)
Não se prestará a análises estruturalistas
Não entrará nas antologias oficiais
Obsceno
como o salário de um trabalhador aposentado
o poema
terá o destino dos que habitam o lado escuro do país
- e espreitam.

Ferreira Gullar


Amo a poesia enganjada de Ferreira Gullar. O livro Poema Sujo é o meu preferido dele, que por sinal é um livro autobiográfico. E escolhi "Poema Obsceno" porque é o meu poema preferido,inclusive ele me ajudou a ganhar dez em uma redação no colégio(séculos atrás). =D Thanks Gullar.

By Ni!

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Em outra língua - Love at First Click.

'Eu não podia mais negar o que o calor no meu rosto queria dizer quando eu estava perto de Flynn. Eu estava me apaixonando pelo namorado da minha irmã. Havia algo em relação a Flynn. Sim, ele é alto, um incrível e lindo jogador de cabelos escuros, mas... Ele também é doce, agradável e é muito fácil falar com ele.É muita sorte eu ser a fotógrafa do jornal da escola, porque minha camêra gosta de Flynn tanto quanto eu. Infelizmente para mim, a minha irmã também e não existe nenhuma maneira de que eu possa capturar Flynn com ela na foto...'


Adorei esse finalzinho da sinopse, o trocadilho ficou legal! Então, hoje no espaço "Em outra Língua" aqui no blog eu trouxe um livro da autora Elizabeth Chandler, a mesma autora da série Beijada por um anjo. Esse é o primeiro livro que eu leio da autora e realmente gostei da narrativa, mas esse livro é bem curto- bem quando eu estava curtindo muito, a história acabou! Por isso, eu não dou cinco estrelas. =D Eu gostaria de uma história mais desenvolvida e com as coisas não tão corridas.

O livro não é do tipo "Leitura Obrigatória", é mais para passar o tempo sem grandes pretensões. A Trama é envolvente e os personagens fofos. Tem aquelas temática de YA bem conhecidas: o time de futebol, as populares...etc. que, particularmente, eu não canso de ler.

Vamos ao resuminho da livro...

Hayley é a protagonista da história. Ela é fotográfa do jornal do colégio e ama fotografia(daí o nome do livro) e sempre faz cobertura dos jogos do time de futebol do seu colégio. Flynn, de impressionates olhos azuis, é um jogador do time que tem recebido a atenção de sua lente por muito tempo.Inicialmente tudo não passa de uma pura fantasia criada por Hayley, mas quando Flynn e sua irmã começam a namorar Hayley acaba descobrindo que está se apaixonando por ele.

Dentro dessa história acontecem várias coisas divertidas... Hayley sendo babá das irmãs de Flynn(que são fofas), Jared dando em cima da Hayley para fazer ciúmes na irmã dela...

E o que eu mais gostei foi como o pesonagem do Flynn foi crescendo ao longo do livro. No começo eu pensei que ele não passava de um jogador fútil, mas acabei errando feio e ele foi o meu personagem preferido. A Hayley também me surpreendeu bastante, ela é bem decidida e não se deixava abater pela "não popularidade" ou pelas tentativas da mala da irmã em colocar ela para baixo.

Em suma, é isso. "Love at first Click"(um bom nome para blog, né?) é um bom livro e eu recomendo para os fãs de YA, que sem dúvida vão gostar.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Morto Até o Anoitecer - Charlaine Harris.


Nossa, há tempos que estou com esse livro para ler! Apesar de saber da existência dos livros primeiro, meu começo com essa história foi através da série de TV True Blood. Então, foi inevitável que durante a minha leitura eu fizesse algumas comparações (Não consegui evitar)... mas vamos ao livro:

Sinopse:
Esqueça tudo o você já ouviu
sobre vampiros. Os mortos-vivos ganharam o direito de existir legalmente. O
vampiro Bill Compton está disposto a tudo para se estabelecer em sua cidade
natal. O que ele não contava era com uma série de assassinatos inexplicáveis, a
desconfiança dos moradores locais e o envolvimento com uma bela - e teimosa -
garçonete telepata.

"Morto Até o anoitecer"(Título oiginal,Dead Until Dark) é o primeiro volume da série Southern Vampire Mysteries e conta a história de Sookie Stackhouse, uma garçonete moradora da cidadezinha de Bon Temps que consegue ouvir o pensamento das pessoas(uma telepata) e é louca para que um vampiro entre no bar onde ela trabalha e acabe com seu monótono dia-a-dia.

Eis que o dia tão esperado por Sookie acontece e Bill Compton entra não só no bar como também na sua vida(pareceu novela mexicana ¬¬). A parti daí Sookie se vê dentro de uma realidade desconhecida e aterrozante, o mundo dos vampiros.

Vale ressaltar que essa é uma série em que os vampiros tem sua existência conhecida pelos humanos, tudo bem que não tão aceita, mas...

Uma série de assassinatos começa a acontecer em Bon Temps logo depois da chegada de Bill, será coincidência?

O desenrolar desse mistério e o começo do relacionamento entre Bill e Sookie são o plano de fundo dessa história.

Com bons personagens(Eric Te Amo) e uma história bem escrita e intrigante, Charlaine Harris me conquistou!

Gostei bastante do livro e vou continuar a ler a série sim!(Confesso que estava receosa em ler, por já ter assistido a série, mas não me decepcionei). Achei o mistério dos assassinatos muito bem escrito e a Sookie muito divertida no livro. Falei que não ia comparar com a série, mas não vou conseguir... O Bill é bem melhor no livro! #prontofalei. O Eric, claro que irresistível.

Enfim, mais uma leitura recomendável. Dentro desse amontoado vampiresco de lançamentos, sem dúvidas, A série da Sookie se destaca com louvor.

- um sonho de Box. Não gosto das capas Brasileiras =X



- A série de TV True Blood que foi inspirada na série de livros:
Li um post muito bom sobre a série no Blog da, os que ficaram curiosos sobre a série podem conferir.