sábado, 30 de julho de 2011

Prom and Prejudice - Elizabeth Eulberg

Editora: Point
ISBN: 9780545240772
Publicação: 1ª Ed. 2010
Páginas: 231
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book Depository Amazon - Cultura
Sinopse:Depois da folga de inverno, as garotas da prestigiada academia Longbourn ficaram obcecadas com o baile de formatura. Lizzie Bennet, que é bolsista em Longboum, não está interessada em vestidos de estilistas ou sapatos caros, mas sua melhor amiga Jane possivelmente – especialmente agora que Charles Bingley voltou de um semestre em Londres. Lizzie está feliz pelo começo do romance da melhor amiga, mas nem um pouco impressionada com o amigo de Charles, Will Darcy, que é esnobe e arrogante. Darcy não parece gostar de Lizzie tampouco. Mas ela supõe que é porque a família dela não tem dinheiro. Claramente, Will Darcy é um pomposo estúpido. – então porque Lizzie se sente atraída por ele? O orgulho de Lizzie e o preconceito de Will vão mantê-los separados? Ou eles serão um casal no baile de formatura? ... (Traduzida por mim, of course!)




‘Prom and Prejudice’ foi super dica da Diana, que assim como eu é fã da Austen. O livro é um ‘remake’ de ‘orgulho e preconceitos’ adaptado aos nossos dias ou se preferir mais uma história de que se inspirou no livro. A autora conseguiu em poucas páginas e com uma narrativa super rápida fazer com que o leitor se identificasse com a história e sentisse um pouquinho da doçura de um dos clássicos mais adorados de todos os tempos, lógico que de uma forma totalmente despretensiosa.


Mas veja bem, senti a ligação com o clássico não quer dizer que eu fiquei todo tempo comparando os livros. Sem comparação minha gente. AUSTEN é Austen. Mas é inevitável não fazer comentários do tipo ‘Olha como ficou essa cena’, ‘A Elizabeth e a Jane não são irmãs!’... Sou humana! Haha Mas deu para sentir a vibe ‘sou fã e vou adaptar’ e com isso claro que me identifiquei com a escrita da Eulberg.
A história acontece em um colégio interno super prestigiado. Só a galera da grana. Lizzie é uma bolsista que toca piano divinamente bem. O alvoroço todo da história – o que dá nome ao livro também – é o baile de formatura que está chegando. Lizzie nem está preocupada com isso afinal não cogita a possibilidade de ir, pois o baile não é do tipo que você vai a loja comprar um vestido, só um estilista prestigiado resolve e Lizzie não tem dinheiro para isso.
Logo na volta delas para a escola depois dos feriados de inverno acontece uma recepção onde estarão presentes os alunos da ‘Pemberley Academy’ e é justo nessa festa que ela vai conhecer Will Darcy que é todo educado com ela, mas só até saber que ela é uma bolsista. A partir daí começa os encontros e desencontros dos dois com direito há muitas farpas trocadas. E todo o amor/ódio que nós amamos. (estranho eu sei!)


A autora conseguiu encaixar na história personagens (e grande parte da personalidade dos mesmos) ,cenas e momentos únicos da obra . O charmoso enganador? O sabichão do Mr. Collins? A doce e bondosa Jane?Lydia fugindo? Tem sim senhor. A irmã azeda do Bingley? A ingenuidade da irmã do Darcy? Yes Yes... e por ai vai.
Passei algumas poucas horas lendo o livro e fiquei com uma sensação de ótimo livro que eu adoro. Leia com a cabeça aberta e leve. Nada de ‘vou analisar esse livro seriamente’. O final não poderia ser melhor, foi único e nada clhicê. Fiquei super ansiosa por outro livro da Eulberg! {}

Eu & os Livros essa semana #20

“Meme semanal sobre minhas leituras. O que eu li, reli, estou lendo e pretendo ler. Além dos livros que recebi durante a semana"


Lido:

"The Ex Games" – Jennifer Echols. – Eu fiz a resenha para o Confissões Literárias. Resenha AQUI.
"Ten Things we did and probably shouldn't have" - Sarah Mlynowski.

Lendo:

"Glee – O início" – Sophia Lowel

Chegou para mim:

Totalmente SUPER esperado: ‘Sisterhood Everlasting’ é lançamento que eu não agüentei e comprei mesmo sendo carinho. Gente! É Ann Brashares, é a irmandade! 10 anos depois! *_*
Mais uma recontagem: ‘Jane’ da April Lindner demorou horrores para chegar do BD, mas está ai. O livro é lindíssimo. Todo cheio de detalhes. As folhas têm o mesmo efeito de Nightshade, para dar mais volume e p/ um ar mais ‘envelhecido’.
Presente parte 6: Ganhei três livrinhos da Gibson que eu estava querendo Há um tempo. ‘Not Another Bad Date’, ‘Nothing But Trouble’ e ‘Truth Love and other disasters’
Título Grande: Esse também foi outro que demorou a chegar. ‘Ten Things’ é super lindo esteticamente e com uma história super legal também. Já li!
Presente parte 7: Finalmente o livro 5 da série ‘Night Huntress’. Essa série é ótima, saudades do BONES! ‘This side of the grave’ é de longe o livro mais lindo. Veio uma contra- capa fofa da Cat e do Bones *_*
For Review: ‘Glee – O Início’ chegou para resenha. Ele brilha! Eu gosto de livros brilhosos, dá licença! Eu gosto tanto do seriado, vai ser legal ver a série sobre a perspectiva de um livro!
Ganhei uma promoção: Uma das coisas mais difíceis do mundo sou eu ganhar uma promoção. ‘Os Devaneios de Sorcha’ veio da Dani do Mundo de tinta por eu ter sido ‘Top Comentarista’ do blog dela. Obrigada Dani, amei o recadinho =)
O HC de ‘Sisterhood Everlasting’ é gigante! Ele é anormal! Haha Adorei a cor ser toda branca. Lindo e poético como a escrita da Brashares. O HC de ‘Ten Things’ tem tanto o nome do livro na lombada quanto na frente, a cor e a fonte ficaram lindas.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Mini Shopaholic (Shopaholic Series #6) - Sophie Kinsella

Editora: Dell
ISBN: 9780440296539
Publicação: 1ª Ed. 2010
Páginas: 446
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book DepositoryCultura - Amazon
Sinopse:
Beck Brandon acha que ter uma filha é ter um sonho se tornando real: Uma companheira de compras para a vida! Mas com dois anos de idade Minnie mostra ser um desafio. Ela cria confusões em qualquer lugar onde vai e sua palavra preferida é ‘Meu!’ e no meio disso tudo de repente surge uma enorme crise financeira nacional.Com pessoas tendo que economizar, Becky decide fazer uma festa surpresa para Luke e festejar com todos. Mas quando os custos começam a ficar fora de controle, ela tem que decicir se aceita ajuda de uma inesperada fonte – e desse modo correr o risco de magoar a pessoa que ela ama.Becky vai ser capaz de promover a celebração do ano? Minnie vai aprender a ser comportar?... e mais importante... O desejo secreto de Becky vai se torna realidade?*essa sinopse eu traduzir direto do meu livro, mas está um pouco diferente da sinopse do site da autora. =) vai entender!


Sou fã da Kinsella e suas ótimas histórias. ‘Shopaholic’ é uma das minhas séries favoritas. E nem ligo se a Becky nunca aprende nada. Porque eu gosto justamente é de acompanhar as loucuras em que ela se mete por essa compulsão por compras. E tem como não gostar da menter fértil que ela tem? É incrível a quantidade de coisas que ela imagina.

Fiquei super feliz em saber que depois de ‘Chá de bebê’ teria uma continuação. E que nessa continuação eu pudesse conhecer a Minnie! Que veio para dar ainda mais graça a série. Gente, ela é uma coisa fofa. Como diz na sinopse a palavra preferida dela é ‘MEU’. E tem tantas partes divertidas envolvendo a Minnie. Todos estão preocupados – alguns não falam sobre isso, mas a desconfiança está no ar – que a Minnie seja mimada. Até uma versão ‘Nanny na TV’ vai aparecer no livro.

‘So’ Pete leans out of his window. ‘Where is it today, my Beauties?’
‘Star-bucks’ enunciates Minnie carefully before I can speak. ‘Starbucks – shops’ Pg 285

A Becky continua doida como sempre. Na verdade acho que um pouco mais, se é que isso é possível. Os outros personagens do livro também. A Mãe, o pai, a Suze, o Danny... Todos estão mais doidos do que nunca. Ela e Luke ainda estão vivendo na casa dos pais de Becky, mas finalmente eles conseguiram uma casa e parece que não vai dar nada errado. Em meio a essa mudança algumas coisas estão acontecendo. Uma crise financeira no banco de Londres e claro, o niver do tudo de bom Luke está chegando. Becky resolve dar uma festa surpresa! Becky + festa surpresa = Não sei não. É simplesmente hilário ela tentando manter segredo do Luke sobre a festa. Vai acontecer de TUDO.

'Becky. Have you seen YouTube?’ pg 374
{rir alto nessa parte, até no YouTube o niver do Luke foi parar}

A Festa vai acontecer? Luke vai descobrir a surpresa? Minnie vai tomar jeito? Becky vai ficar sem comprar nada para ela? Eles vão conseguir se mudar para o novo lar? Muitas coisas vão acontecer no livro e claro, sempre tudo muito divertido. O final deixa um gancho super legal para uma continuação. Hollywood talvez? Haha LEIAM! Quem não começou a série ainda, não perca tempo! {}

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Por ai # 6

Tudo Junto e misturado(?)

news, coisas sem sentido... tem de tudo!



Cover Reveal: Foram reveladas recentemente três capas de séries que eu acompanho/vou acompanhar. A continuação de ‘Delirium’, ‘Pandemonium’, tem essa capa que eu particurlamente não gostei. Talvez pessoalmente tenha um bom efeito e eu mude de idéia, mas olhando assim não me agradou, para mim saiu do padrão. A capa de ‘Fever’ segundo livro da trilogia ‘Chemical garden’ tem essa capa ai que eu achei estranha, a primeira é super lindo e essa é a série que eu quero acompanhar. E a capa de ‘Spell Bounds’, terceiro livro da trilogia ‘Hex Hall’ segue o mesmo padrão das duas primeiras. O padrão LINDO de qualidade! Adorei.




Por aqui no Brasil uma capa revelada foi a de ‘A Fera’ da Alex Flinn. Ficou bonita. Tem a menção ao filme sem torná-lo central! Junto com a capa a sinopse oficial. Confiram:

Sinopse:
Eu sou uma fera.

Uma fera. Não exatamente um lobo, ou um urso, um gorila ou um cão, mas uma terrível criatura que anda em duas patas — uma criatura com dentes e garras e pelos surgindo de cada poro de minha pele. Sou um monstro.

Você acha que estou falando de contos de fada? De jeito nenhum. O lugar é Nova York. O momento é agora. Não sofro de uma deformidade ou uma doença. E vou ficar dessa forma para sempre — destruído —, a não ser que possa quebrar o feitiço.

Sim, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Por que ela me transformou em uma besta que se esconde durante o dia e rasteja à noite? Vou lhe contar. Vou lhe contar como eu costumava ser Kyle Kingsbury, o cara que você gostaria de ser, com dinheiro, beleza e uma vida perfeita. E aí vou contar como me tornei... a fera.


Adaptação de Jogos Vorazes: Viram visual oficial de Gale e Peeta (amor!)?Esse ator que vai fazer o Peeta cresceu viu! Lembro dele em ponte para terabítia. Haha

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Na minha wishlist #9




Na minha wishlist é o meme onde mostrarei para vocês os meus desejados. Os livros que possivelmente estarão na minha basket algum dia




Love Story – Jennifer Echols: esse é o mais novo lançamento da Elchols. Saiu esse mês e eu estou bem ansiosa. A Raíla leu e resenhou e pelo que ela falou parece ser bem mais maduros do que os outros livros da autora. O título é lindo e essa capa também. Tudo muito love!ok!



Nice Girls Don't Have Fangs – Molly Harper: Esse é o primeiro livro da série 'Jane Jameson' e pelas resenhas que li é um chick lit com vampiros. Louco, mas deve ser legal! A Jane é uma bibliotecária viciada em leitura e super engraçada. Estou com boas expectativas com relaçao a essa série. ok!



How To Flirt With A Naked Werewolf – Molly Harper: continuando nos livros super divertidos da Molly Harper... Eu quero ler também essa segunda série que se chama ‘Naked Werewolf’. Só pela capa já promete ‘a fun reading!’ e eu adoro leituras assim. Mesmo com uma temática batida – o sobrenatural – o bom humor vai fazer com a história fique diferente.ok!



One Night That Changes Everything – Lauren Barnholdt: esse é mais um livro da Lauren Barnholdt que eu estou louca para ler. Nesse livro a personagem principal vai ter seu caderbo roubado. E é justamente o ex-namorado que ela tanto odeia quem vai pegá-lo. No caderno Eliza escreveu coisas muito pessoais e o Cooper, safado todo, está preparando uma noite de humilhação para Eliza revelando o conteúdo do caderno! Mas, segundo a sinopse, Eliza não vai cair sem lutar! Haha Parece ser legal! =)ok!

terça-feira, 26 de julho de 2011

Uma Manhã Gloriosa - Diana Peterfreund [Book Blogger Tour]

Editora: Record
ISBN: 9788501092526
Publicação: 1ª ed. 2011
Páginas: 272
Idioma: português
Onde comprar: SaraivaSubmarino - Cultura
Sinopse:
Becky Fuller trabalha como produtora de um programa de televisão numa emissora local de Nova Jersey. Ela é despedida, mas vê seu sonho de trabalhar em Nova York se tornar realidade quando aceita um emprego no Daybreak, programa com péssimos índices de audiência, equipamentos ultrapassados e uma equipe excêntrica. Agora ela deverá salvar sua carreira, sua vida amorosa e, não nos esqueçamos, o Daybreak.





A Becky é total viciada em trabalho, não fez faculdade nem nada, mas conseguiu se arranjar na vida trabalhando desde cedo em uma emissora de TV. Como ela se dedica inteiramente ao trabalho tem a vida amorosa totalmente off. Ela tem quase certeza que vai ser promovida a produtora, mas em vez de subir dentro da emissora é despedida! Coitada.

Tempos depois, com a ajudinha do antigo chefe – ele confiava no trabalho dela, pena que os verdadeiros chefões não – ela consegue, enfim, um emprego como produtora, mas com uma realidade bem distante da que ela imaginava. Nada de glamour! Ela vai ter que correr contra o tempo para levantar o programa que tem um péssimo índice de audiência, uma equipe doida e apresentadores ainda mais pirados. E Além da loucura que é a vida profissional, vai tentar fazer a vida amorosa funcionar com o fofíssimo Adam.

A Diana Peterfreund é diva! Afinal ela escreveu uma série que eu adoro – sociedade secreta. E quando eu leio um trabalho de uma autora e gosto eu fico sempre naquela ‘quero ler mais’. Quando eu vi ‘Uma manhã gloriosa’ não tive dúvida de que queria ler e quando surgiu a oportunidade pelo Book tour do livro do Blog ‘Livros e Bolinhos’ – thanks Juh! – peguei a chance. Sabe como é dúvida sobre comprar ou não...

Esse livro na verdade é uma adaptação que a autora fez do roteiro do filme ‘morning glory’ e eu gostei. É uma leitura que não foi feita para marcar sua vida, mas para passar bons momentos. – tem gente que ler o livro pensando em um tradado político, científico ou algo totalmente nerd. – pelo amor de Deus, é só um livro legal. Livros legais e nada a ver são bons para liberar endorfina gente.

E o livro foi assim para mim. Rir bastante com as loucuras que a Becky fez para consegui subir a audiência do programa e em tudo o que ela se metia para chegar ao seu objetivo e rir muito dos e com os personagens.

Não vou comparar com a série ‘Sociedade Secreta’ porque não tem muito a ver, afinal ‘uma manhã gloriosa’ é um chick-lit!

O livro é rapidíssimo, nem deu para se apegar. Tanto que eu nem tive meu ‘crush’ literário, o que é uma pena já que o Adam tem potencial. Agora estou com vontade de assistir o filme e conhecer a base para o livro. De cara gostei de alguns autores e espero que seja tão ou mais divertido que o livro.

domingo, 24 de julho de 2011

It's Not Summer Without you (Summer #2) - Jenny Han

Editora: Simon & Schuster
ISBN: 978-1416995555
Publicação: 1ª Ed. Abril de 2010
Páginas: 288
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book Depository Amazon -Cultura
Sinopse:
O verão pode ser verdadeiramente verão sem Cousins Beach?

Belly costumava conta os dias para o verão, até ela está de volta a Cousins Beach com Conrad e Jeremiah. Mas não esse ano. Não depois que Suzannah ficou doente novamente e Conrad parou de se importar. Tudo o que estava certo e bom desmoronou, fazendo Belly desejar que o verão nunca chegasse.Mais quando Jeremiah liga falando que Conrad desapareceu. Belly sabe que tem que fazer a coisa certa novamente. E isso só pode acontecer de volta a casa na praia, os três juntos, da maneira como costumava ser. Se esse é real e verdadeiramente o último verão, o fim deve ser da forma como começou – em Cousins Beach. (Traduzida por mim, of course!)

CONSEGUI! Não tem spoiler mesmo sendo uma continuação! Leiam à vontade! Quem quiser ler resenha do primeiro livro AQUI.

A vida de ninguém é mais a mesma. Tudo mudou! E é evidente que os verões também não são mais os mesmos... O livro já começa com a Belly em mais um verão, só que dessa vez – e, diga-se de passagem, a primeira vez – ela não está indo para ‘Cousin Beach’. Ela está ficando em casa e vai passar o verão com os amigos. Ou isso é o que ela pensa, pois um telefonema de Jeremiah vai mudar tudo. Conrad desapareceu e Jere recorre a Belly para ajudá-lo a encontrar o irmão.

Belly acaba se vendo de volta a Cousin Beach e para uma casa cheia de lembranças que no momento não fazem com que ela se sentia bem.

O Conrad está uma mala nesse livro. Na maioria das vezes eu xingava ele. O Jere em contrapartida está super divertido e atencioso. O triângulo armado está armado. – na verdade desde o primeiro livro – mas é nesse que as coisas vão se intensificar.

Nesse livro a autora optou por colocar alguns capítulos narrados pelo Jeremiah. E foi legal ver outro ponto de vista da história. O Jeremiah é muito engraçado, mas quase todas as partes narradas por ele mostram um lado mais sério da personalidade dele.

A Belly está mais madura, em alguns momentos*not*, no livro. E eu terminei o livro falando. É isso Belly,Valeu!

A Best friend da Belly, a Taylor, vai aparecer um pouco mais nesse segundo livro e ela é mais doidinha do que eu imaginava. Fala o que pensa, é totalmente o oposto da Belly e vive querendo melhorar o visual da amiga ou até mesmo balançar a vida amorosa dela. Mas ainda não foi nesse ligo que eu me liguei a Taylor...

Outro personagem que rouba a cena é a Lauren, mãe da Belly. Ela entrou na lista de favoritos nesse livro. As discussões com o pai do Conrad e do Jeremiah foram impagáveis. Só ela conseguia colocar ela no devido lugar! Da melhor maneira ‘Sit Down’sério!

‘It’s not Summer without you’ não conseguiu superar o primeiro mais foi uma ótima continuação!

sábado, 23 de julho de 2011

Eu & os livros essa semana # 19

"Meme semanal sobre minhas leituras. O que eu li, relir, estou lendo e pretendo ler. Além dos livros que recebi durante a semana"


Lidos:
‘O herói Perdido’ – Rick Riordan
‘Mini Shopaholic’– Sophie Kinsella
‘Prom & Prejudice’ – Elizabeth Eulberg

Lendo:
NADA

Chegou para mim:

‘Prom and Prejudice’ demorou horrores para chegar, mas veio inteiro! Thanks God! É uma recontagem deliciosa de ‘Orgulho e preconceito’ da Austen. Já li e é ótimo! Estou doida para ler ‘The Lonely hearts club’ da mesma autora. Esse HC é muito lindo gente. Cheio de detalhes! *_*

Presente parte 3: Becky Bloommmmmmm! Eu estava doida por esse livro há um tempão! Eu já li, lógico, e foi tão divertido. E o MEU Luke continuar tudo de bom como sempre! Sem falar na Minnie que é uma fofura! =)
‘Divergent’ é mais um livro da onda ‘distopia’ e eu adoro distopia! Então tá ai. Li muitas críticas sobre o livro e praticamente todas positivas. Super ansiosa! O efeito na foto foi totalmente proposital!
Presente parte 4: ‘The Exiled Queen’ é o livro dois da série ‘Seven Realms’ da Cinda chima. Eu mostrei o livro um na semana passada. Me arrependi amargamente de não ter comprado o primeiro em HC também porque ele é lindo! Tem mapa! E a lombada é sem igual *_*
Presente parte 5: Ganhei tudo isso da ! *___* fiquei tão feliz e saltitante. Veio várias coisinhas, uma mais linda do que a outra. Marcadores lindos(para mim ficou profissional viu Rê! Depois me ensina), adesivo, um chaveiro que já está na bolsa e uma LINDA Bruxinha-Estou in Love com ela- que já está pendurada no seu devido lugar #morramdeinveja.

Resultado da Promoção Amor Literário



Mais uma promoção encerrada no blog. Essa em parceria com outros blogs igualmente lindos pelo dia dos namorados, tudo ‘in love’.
Vamos aos adoráveis ganhadores:



O primeiro sorteado tem direito a escolher 5 entre os 13 livros!!

Parabéns Jéssica Nayara!




O segundo sorteado escolhe 4 entre os 8 livros restantes.

Parabéns Jéssica!!

O terceiro fica com os 4 livros restantes.

Parabéns Erika!!






Obrigada a todos que participaram! o/






Todo os ganhadores seguiram as regras direitinho e terão até 48 horas para responder o e-mail com os dados, senão um novo sorteio será realizado.
Lembrando que os livros serão enviados para os ganhadores em até 30 dias a contar da data de recebimento do endereço do ganhador. Cada blog e/ou editora participante ficará responsável pelo envio dos mesmos.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Dica #4- O oposto do Amor



Toda semana(ou não!)uma dica. Seja de um livro,série ou autor!




O livro do ‘Dica da semana’ de hoje é um que está na lista dos meus favoritos. Já e li e reli um monte de vezes! Já até perdi as contas!Resenhei esse livro logo no começo do blog. Ver resenha AQUI.
É o livro de estréia da autora Julie Buxbaum e foi uma ‘estréia de veterana’ porque ela escreve divinamente bem!



O livro conta a história de Emily e sua vida quebrada! O livro começa com ela terminando com o namorado Andrew. Ela sente que ele está a ponto de pedi-la em casamento e não consegue suportar a idéia porque ele não merece alguém quebrada como ela. A partir daí ela começa a tentar descobrir como esse sentimento começou. E o lance todo é intenso! Ela não tem uma relação real com o pai. O avô, o único que ela sente uma grande proximidade, está doente. O trabalho dela é horrível e o chefe está simplesmente assediando ela. E tem o Andrew, lógico. Como ela começa a entender mais sobre a vida dela ela percebe os erros que cometeu, especialmente com o Andrew. Mas talvez possa ser tarde demais... AH MEU DEUS! Quero reler! =)

Por que lê ‘o oposto do amor’?


  • Profundo com duzentas e poucas páginas: A autora conseguiu falar de algo complexo como ‘conhecer a si mesmo’ em poucas páginas e com uma sensibilidade ímpar. E o melhor, sem deixa a história enfadonha.

  • Chick -lit que acrescenta: sabe os ‘chick- lits’ estilo Marian Keyes? Assim é oposto do amor. Quem gosta da Keyes com certeza vai gostar desse livro. Têm partes divertidas, a personagem feminina está em busca de conhecer a si mesma e se sentir bem com isso e a autora... Tudo com muito conteúdo.

  • Emoção pura: pensem em um livro que emociona. Eu chorei horrores – tá, no meu caso é porque eu só naturalmente assim. Mas o livro arranca algumas lágrimas sim! A história da personagem é cheia de voltas e acontecem tantas coisas! Tanto na vida amorosa, no trabalho quanto na familiar. Tem partes de quebrar o coração.

  • O Andrew: Ah Meu Deus, depois do Luke de Becky Bloom (sim, acho aquele jeito ‘sou todo ocupado’ muito sexy) o Andrew é meu sonho de consumo real. Quero um para mim! Ele é incrível gente! Só lendo para ter uma idéia. Ele é um sonho! Ela se dar bem com a família da Emily sem nem mesmo estar com ela mais e ela está sempre disposto a esperar por ela mesmo que ela nem saiba disso.

Nada do que eu dizer vai ser suficiente para falar de o ‘oposto do amor’. O livro para mim é perfeito! É difícil descrever tudo o que eu senti lendo então leia e experimente também!



"O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença".

quarta-feira, 20 de julho de 2011

The Iron King(The Iron Fey # 1) - Julie Kagawa

Editora: Harlequin
ISBN: 978-0373210084
Publicação: 1ª Ed. Fevereiro de 2010
Páginas: 368
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book DepositoryAmazon - Cultura
Sinopse:
Meghan Chaset tem um destino secreto - Um Destino Que Ela Nunca Poderia Ter Imaginado. Alguma coisa sempre pareceu meio fora do lugar na vida de Meghan, desde que o pai desapareceu diante de seus olhos quando ela tinha apenas seis anos. Meghan nunca se adaptou na escola... Nem em casa. Quando um desconhecido sombrio começa a observá-la de longe, e o amigo brincalhão se torna estranhamente superprotetor, Meghan sente que tudo que ela conhece está para mudar. Mas ela nunca poderia ter imaginado a verdade - que ela é filha de um mítico rei das fadas e peça importante numa guerra mortal. Agora Meghan vai aprender até onde é capaz de ir para salvar alguém que ama, deter um mal misterioso que nenhuma criatura encantada ousa enfrentar... e encontrar o amor com um jovem príncipe que talvez prefira vê-la morta a deixá-la tocar seu coração de gelo.


Opinião curta e triste...

Todo mudo já deve saber que o livro é sobre fadas e também de todos os detalhes sobre a Meghan. Acho essa sinopse tão ‘spoiler’. Eu comecei a ler já sabendo tanta coisa quando o mais legal é ir descobrindo junto com a personagem.
O livro é dividido em três partes, mas essa divisão não marcou nenhum espaço de tempo. A primeira parte para mim foi totalmente ‘Boring’. Achei tudo muito previsivel e a mistureba de idéias não foi legal. Cinderela, Nárnia... Entre outras coisas. É. Mas gostei da inspiração em Shakespeare. - A autora usou ‘Sonho de uma noite de verão’.


A segunda e terceira parte foram as mais legais, mas ainda assim a história não me convenceu. O que me deixou com vontade de continuar a série foi o Ash. Adorei o Ash! Ele é tão... *_*. Eu estava toda ‘que horas ele vai aparecer para melhorar isso’. Ele é todo distante, frio, misterioso! Adoro esse tipo!
Falando em personagens... Eu não gostei da Meghan. Eu realmente vou ficar feliz com o livro narrado pelo Ash (amor define) só para fugir da cabeça da Meghan.
Como eu sou uma pessoa de bom coração (na verdade é porque já comprei o livro) vou dar a série mais uma chance e lógico que não perderia a oportunidade de ter mais Ash e, além disso, li várias resenhas falando que o livro dois é de longe melhor que o primeiro. Veremos.
Esse foi um dos livros que ficou no quase... Eu quase gostei! Eu espero que o segundo me convença totalmente! #esperançaémeusobrenome

terça-feira, 19 de julho de 2011

The Summer I Turned Pretty (Summer # 1) - Jenny Han

Editora: Simon & Schuster
ISBN: 978-1416968238
Publicação: 1ª Ed. Maio de 2009
Páginas: 288
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book Depository Amazon - Cultura
Sinopse:
Quando cada verão começa, Belly deixa sua vida escolar para trás e escapa para Cousins Beach, o lugar que ela tem passado todo verão a vida inteira. Não é só que a praia signifique casa longe de casa, mas suas pessoas favoritas estão lá: Suzannah, a melhor amiga da sua mãe e seus filhos, Conrad e Jeremiah. Belly tem estado atrás de Conrad por tanto tempo quanto pode lembrar e mais do que tudo ela espera que esse verão seja diferente. Apesar das distrações vindas de um novo cara chamado Cam e dos prolongados olhares do irmão de Conrad, Jeremiah, o coração de Belly pertence a Conrad. Ele vai oferecer o dele para ela? Esse vai ser o verão que vai mudar tudo? (traduzida por mim, of course)

Começando com o final... Amei! A história é totalmente viciante e digna de um ótimo YA. O livro poderia ser só mais um clichê, afinal tem várias coisas que nós já lemos em histórias por ai. O verão e a tradição de passá-lo com a família e amigos em uma casa de veraneio. Os garotos do lado e tal. Sim, tudo muito clichês. MAS, a forma com a autora narrou apagou qualquer vestigio de mesmisse. E a história ficou muito legal. Dar para entender?

Esse é o primeiro livro da série ‘Summer’ e é narrado- totalmente- pela Belly. A narração intercala o presente com outros verões e isso contribuiu muito para a leitura. É bem divertido e outras vezes triste – admito – ver eles pequenos e ver também o que contribuiu para eles se tornarem o que são. E são muitos verões. Antes mesmo de nascerem, Belly, Conrad, Jere e Steve já passavam esse tempo juntos. É algo sagrado para todos eles.

Belly sempre conta os meses que faltam para as férias de verão começarem, pois para ela está em ‘cousins beach’ é como está em casa. E só lá ela pode estar perto de quem ela ama. Seu amigo Jeremiah, a amiga da sua mãe e mãe dos meninos, Suzannah e claro, sua eterna paixão, Conrad.

Belly deseja que Conrad olhe para elas com outros olhos e parece que este verão será diferente. Ela já não é a mesma. E ela tem quase certeza disso quando chega a Cousins Beach e vê como é olhada por Conrad e Jeremiah. Mas será que seu sonho de conquistar Conrad vai se tornar realidade?

Belly vai enfrentar mais dificuldades ainda em conseguir o que quer, pois Conrad também mudou. Ela não consegue entender as suas atitudes e a insistência dele em sempre querer fazer algo que deixe o verão deles mais tristes.

O livro não é do tipo ‘imprevisível’, mas é legal ver como a história vai se desenvolvendo mesmo que se possa imaginar o fim. O Cam, por exemplo, foi um ingrediente ótimo na história.

Os personagens são maravilhosos. O Jere é ilário, o Steven foi sempre sincero e o Conrad ao mesmo tempo em que me encantou com seu jeito misterioso, me encheu o saco com o papo ‘vocês são tão crianças’ e com todos os foras com relação à Belly.

A Belly é uma fofa. Ela me deixou nervosa em alguns momentos, mas não tem como deixar de torcer por ela!

A Suzannah e a Lauren – as mães – também são ótimas personagens. Os dramas envolvendo elas foi super bem explorados e eu adorei. A amizade entre elas é linda! Elas são totalmente diferentes e cada uma, ao seu modo, é admirável.

O livro não ficou repetitivo no lance do romance porque acontecem muitas coisas. O livro tem histórias! E acabou se tornando um daqueles tipos ‘não consigo parar de ler’! Super recomendado!

Na minha wishlist # 8





Na minha wishlist é o meme onde mostrarei para vocês os meus desejados. Os livros que possivelmente estarão na minha basket algum dia







‘A Year in Europe’ – Rachel Hawthorne: Eu fiquei fã da Hawthorne. Estou desejando todos os livros dessa mulher. Esse parece ser muito bom. O livro trás três histórias, todas narrando experiência de viver na Europa por um ano- como o título já adianta. Londres, Itália e Paris! AH MEU DEUS! Já estou pirando e ainda nem li! Haha. Quero o mais rápido possível! Ok!


‘Aces Up’ – Lauren Barnholdt: Eu adorei ‘Two-way Street’ da Lauren e fiquei com vontade de ler outros livros da autora (já vi esse filme). ‘Aces up’ parece ser super legal. A personagem principal está precisando de grana para bancar a faculdade vai acabar trabalhando em um cassino, mas ela não se adapta. Daí recebe uma proposta que pode ajudá-la no seu objetivo, só que acaba metida em muitas intrigas e escolhas perigosas. Com um cara sexy no meio- só para acrescentar. Gostei! Parece ser diferente e diferente na maioria das vezes é legal. ok!


‘Dairy Queen’ - Catherine Gilbert Murdock: só leio críticas boas sobre o livro, acabei ficando curiosa e já está na wish list. O livro é super premiado e só por isso eu já leria – é sempre bom entender o porquê. E eu particularmente não consigo ignorar essa vaquinha na capa. OWN. Essa é a capa do HC. ok!


‘Take me There’ - Carolee Dean: Essa capa é LINDA. Essa imagem e o título feito com setas é super ‘vem me ler’. Uma história com ‘Bad Boy’, adoro! Segundo as resenha que li, o livro é mais profundo do que aparenta e eu adoro quando isso acontece! ok!

domingo, 17 de julho de 2011

Two-way Street - Lauren Barnholdt

Editora: Simon Pulse
ISBN: 978-1416913184
Publicação: Junho, 2007 (paperback)
Páginas: 304
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book Depository Amazon - Cultura
Sinopse:
Existem dois lados para todo relacionamento.
Esses são Jordan e Courtney, completamente apaixonados. É claro, eles eram um casal improvável. Mas aconteceu. E funcionou. Eles ainda estavam indo para a mesma universidade e cruzando o país em uma viajem juntos para a orientação. E então Jordan dar um fora em Courtney – por uma garota que ele conheceu na internet. É tão tarde para mudar os planos, por isso a viagem está de pé. Courtney está devastada, mas acredita que pode resistir a alguns dias. La La La – essa é Courtney fingindo não ligar. Mas inesperadamente. Jordan se importa. Muito. Ele possui segredos que não contou para Courtney. E esse foi o motivo pelo qual eles romperam, o porquê deles não poderem voltar juntos, e como, apesar de tudo, esse casal está destinado um para o outro.(traduzida por mim, of course)


Não sei por que eu não li esse livro antes. Ele passou bastante tempo na estante esperando por mim, o coitado não merecia isso, pois a história é fofa demais.

Não é nada grandioso, mas sim uma história gostosa de ler e que te prende... Quem não gostaria de ler sobre um casal que se separou e agora TEM que pegar a estrada juntos rumo à universidade? Qualquer um pode prever que vai ser uma história agitadíssima!

A Road trip desse livro é coadjuvante. Não é o ponto central. Não existem descrições e relatos sobre os lugares pelos quais eles passam. (mal acostumada depois de ‘Amy and Roger’s). O grande tema do livro é o relacionamento entre o Jordan e a Courtney.

O livro trás momento durante a trip (a cetinha é assim ->) e antes da viagem(<-), que é justo onde vamos descobrir o porque do rompimento e os segredos que o Jordan esconde. Tanto o Jordan quanto a Courtney narram a história. Eu gosto de livros assim, tem como descobri mais coisa e ver a história sobre pespectivas diferentes.

E o segredo do Jordan? A court não sabe, e isso não é um spoiler, mas o Jordan matém um segredo que foi o responsável pelo rompimento dos dois. Até mesmo uma namorada fake ele inventou. A court, lógico, está possessa com ele. Ela acha que ela não a ama e por isso terminou o namoro. O Jordan é fofo e o melhor, na medida certa. Não ficou pintado de perfeição como o sonho de toda mulher, pelo contrário, ficou bem realista.

Eu adorei o livro e claro que fica super indicado!

sábado, 16 de julho de 2011

Eu & os Livros essa semana # 18

"Meme semanal sobre minhas leituras. O que eu li, relir, estou lendo e pretendo ler. Além dos livros que recebi durante a semana"



Semana linda e recheada de livros que chegaram e LIDOS!

Lidos:

Demonglass (Hex Hall # 2) – Rachel Hawkins - Resenha
‘A Janela de Overton’ – Glenn Beck - Resenha
‘The Summer I Turned Pretty’ – Jenny Han
‘It’s not summer without you’ – Jenny Han
‘We’ll always have summer’ – Jenny Han
‘Uma manhã gloriosa’ – Diana Peterfreund

Lendo:

NADA

Vou ler:

Vibe: Quero ler TUDO!

Chegou para mim:

Presente parte 1: ‘Avalon High’ é super elogiado e eu estava muito curiosa! Optei pela edição em inglês porque em português é cara DEMAIS. ‘The Demon King’... Outro livro super elogiado. Com um mundo totalmente idealizado! Tentada a passá-lo na frente! Ah, a Livia me influenciou bastante na escolha. Pela descrição dela acho que vou gostar.
Presente parte 2: ‘Will Grayson, Will grayson’ parece ser super legal. O David me conquistou depois de ‘Lover’s Dictionary’. ‘We’ll always have summer’ é o livro três da trilogia Summer e tem um HC lindo.
Presentes parte 3: Ganhei ‘O Herói perdido’ da minha querida amiga Ciane! Eu estava louca por ele já que se passa no mesmo mundo do Percy Jackson! *_* ‘Sourvenir’ foi o presente LINDO da Miiiiii querida do blog ‘Inteiramente Diva’. Fiquei feliz demais quando recebi porque é um livro que está na minha lista há séculos para ler. *_* OBRIGADA MENINAS! Vocês estão no meu coração =)
‘Halo’ é emprestado da minha amiguinha Ciane(Again), que adora o livro e me convenceu a ler. E ‘Uma manhã gloriosa’ é o livro do Book Tour do Livros e Bolinhos.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Dica #3- Simone Elkeles

Toda semana uma dica. Seja
de um livro, série ou autor!


A dica dessa semana é uma autora que adoro! A Simone Elkeles. Eu a conheci através de ‘Perfect Chesmitry series’ e gostei tanto da forma de escrever da Elkeles que, lógico, fui correndo saber mais sobre os outros livros dela. E além dessa série a autora conta ainda com ‘How To Ruin series’ e ‘Leaving Paradise series’, essas duas já finalizadas. O último livro da série ‘Perfect Chemitry’ sai agora em agosto e se chama ‘Chain Reaction’(ansiosamente esperando!) Virei fã de carteirinha da Elkeles e sem dúvida atenta para todos os lançamentos dela!


Por que lê os livros da Simone Elkeles?


-YA com histórias que sempre tem elementos diferentes.

Na série ‘How To Ruin’, uma história que se passa em Israel. Na série ‘Perfect Chemistry’, uma história com muitos altos e baixos com direito a gangues e afins. E na série ‘Leaving Paradise’, uma história onde a protagonista está apaixonada pelo cara responsável por deixar ela manca para o resto da vida. Ótimos e diferentes elementos que fazem as séries ÚNICAS.

-Romances maravilhosos.
Os irmãos fuentes são difíceis e são duros na queda, mas quando se apaixonam a história ganha ainda mais vida. Tão Bom! Nem acredito que essa série vai acabar! Porque a mamãe Fuentes não teve uns sete filhos?
O Caleb é outro que deixa qualquer uma de queixo caído. Ele também faz o estilo durão que se derrete pela amada. A Maggie é uma sortuda.
E por fim um casal lindo e divertidíssimo de ‘How To Ruin’, Amy e Avi. Com direito a Israel como pano de fundo. E ressaltando que existem muitos outros amores dentro das séries além dos casais principais.

-A Elkeles cria histórias que equilibram muito bem o bom humor, o drama básico, o romance... Nada fica demais.

Pensem em uma série que ri horrores? Foi ‘How To Ruin’. A Amy viaja para Israel completamente complexada com a idéia de que ataques terroristas podem acontecer a qualquer momento e para completar a lista de inconvenientes ela ainda vai morar com os parentes do pai que nunca conheceu e que também não sabiam da existência dela.

Na série Perfect Chesmitry... Todas que gostam de Bad Boys vão está no céu. Pois isso é o que não falta na série. Além de todos os problemas que envolvem as garotas por quem eles se apaixonam. São sempre aquelas mais diferentes do jeito de ser dele e vai ocorrer todo aquele choque de mundos diferentes e o drama está armado.

‘Leaving Paradise’ é a história mais ‘Nossa! E agora?’ da Elkeles. Imaginem duas pessoas quebradas! São a Maggie e o Caleb. Ela por ter ficado com seqüelas do acidente provocado pelo vizinho, amigo da família e irmão da melhor amiga. E ele por carregar a culpa do acidente e por ter cumprido pena de detenção e ter vivido o horror do cárcere. Drama TOTAL. E para completar os quebrados começam a se apaixonar. ‘Deus nos acuda!’

Eu realmente espero que eu tenha convencido. Porque meus dedos começaram a doer agora. Quer saber mais? Aqui no Blog tem resenhas de ‘How To Ruin Series’(AQUI) e ‘Leaving To Paradise Series’(AQUI). E ouvir por ai que a série ‘Perfect Chesmitry’ vai se lançada no Brasil ... Resta saber quando! Ouvir que era esse ano! Boa noticia para quem não ler em Inglês, por isso sem desculpas.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

A Janela de Overton - Glenn Beck



Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219350
Publicação: 2011(título original: The Overton Window)
Páginas: 384
Idioma: Português
Onde comprar: Saraiva
Sinopse:
Uma conspiração contra os EUA vem sendo preparada há cem anos, e agora está prestes a ser colocada em prática... Alguém será capaz de impedi-la? E se você descobrisse que tudo em que você acreditou até hoje não passa de uma grande farsa? Que a roupa que você veste todos os dias pela manhã, assim como o carro que você dirige não são escolhas suas? Que o governante que você elegeu na última eleição para comandar sua cidade e seu país também não depende de você? E se chegasse à conclusão de que toda autonomia e livre-arbítrio que você julga ter, na verdade, atendem a um outro comando que não as suas ideias e a sua própria vontade?



Não leio muito livros de suspense, policial, mistério e afins, então não sabia o que esperar. Li às cegas e acabei me surpreendendo com um bom livro.


É um livro cheio de conspirações que não só tem a proposta de entreter o leitor com um desenvolvimento repleto de mistérios quanto também fazer o leitor pensar. O ‘E se?’, como a sinopse trás, acaba sendo o centro do livro. É inevitável não se fazer essa pergunta ao longo da história.


Eu gostei da crítica sutil (e às vezes não tão) que o autor trouxe ao escrever ‘A Janela de Overton’. Logo no ínicio do livro, no discurso do pai do Noah, por exemplo, ele fala em ‘esperança e medo’ e a explicação foi tão genial! A mais pura verdade.


Foi assim que eu me peguei em várias partes do livro. Pensando criticamente no que o autor propunha. O que mostrou que apesar do pano de fundo da história ser os EUA, podia acontecer em qualquer lugar!


TENHO que falar que odiei uma parte totalmente ‘sou americano! Viva a cortina de ferro e parem o avanço comunista’ quando ele se referiu ao Che! Qual é a tua? #chegirl


Os planos maquiavélicos vão ser acompanhando através de dois personages principais. O Noah e a Molly. Eles são completamente diferentes. Tanto em classe social quanto em objetivos. O choque de idéias e mundo, logico, vai ser inevitável. Eu gostei mais do Noah. E não, ele não foi descrito com ombros largos e coisa e tal. Simplesmente gostei mais dele. Achei a Molly meio ‘humm’.


Não tem como não terminar o livro querendo ser mais crítico e pensando em quebra totalmente a idéia que uma pessoa não pode contribuir para algo maior! #filosofiaon

terça-feira, 12 de julho de 2011

Demonglass(Hex hall # 2) - Rachel Hawkins

Editora: Hyperion Book
ISBN: 978-1423121312
Publicação: Março, 2011. (Hardcover)
Páginas: 368
Idioma: Inglês
Onde comprar: Book Depository Amazon - Cultura
Sinopse:
Sophie Mercer achava que era uma bruxa. Essa foi a razão pela qual ela foi enviada para Hex Hall, uma escola para Prodigios inadimplentes (aka bruxas, metamorfos, e fadas). Mas isso foi antes de descobrir o segredo de família, e que sua paixão, Archer Cruz, é um agente do The Eye, um grupo com tendência a limpar os Prodigios da face da terra. Acontece que, Sophie é um demônio, um dos dois únicos no mundo, sendo o outro seu pai. O pior é que ela tem poderes que ameaçam a vida de todos que ela ama. Qual é precisamente porque Sophie decide que deve ir a Londres para retirá-los, um procedimento perigoso, que irá destruir seus poderes. Mas uma vez que Sophie chega, faz uma descoberta chocante. Seus novos amigos? Eles são demônios. Significada que alguém os está criando em segredo com planos assustadores para usar seus poderes, e provavelmente não para o bem. Enquanto isso, The Eye é colocado para caçar Sophie, e eles estão usando Archer para fazê-lo. Mas não é que ela tenha mais sentimentos por ele. Será que ela não tem?




ALERTA de spoilers para quem não leu o primeiro livro! Se você leu fica à vontade para continuar lendo a resenha e fofocar junto comigo!


Acho que vocês já sabem de toda minha saga com ‘hex Hall’. Li o primeiro logo que chegou e amei, imediatamente comprei o segundo, li assim que chegou e mais uma vez amei. A série é exatamente assim! Totalmente apaixonante. Assim Como o primeiro, ‘Demonglass’ é cheio de reviravoltas e muitos segredos ‘du mal’ sendo desvendados.
O livro começa no colégio, mas passa a maior parte em Londres – o livro todo praticamente – Sophie vai passar férias com o pai e lógico que não importando o lugar para onde ela vai os problemas vão sempre atrás dela. Muitas loucuras vão acontecer! Eu particularmente achei esse livro mais previsível do que o primeiro, mas nem isso conseguiu deixar o livro menos envolvente. Ele continuou me prendendo até o fim e eu fique sem vontade de larga em momento algum.
A Sophie e a Jenna continuam fofas e tão legais quanto no primeiro. Amei o pai da Sophie, que nesse livro está 100% presente. E o que mais me deixou feliz foi ler mais do Cal. Ele falou muito nesse livro (para quem quase não falou em Hex Hall) e eu já desconfiava totalmente da história do começo do livro (quem leu sabe). E secretamente torci por ele... Gosto do tipo misterioso caladão!
O Archer nunca foi meu preferido, mas nesse livro ele começou a me convencer, vou fazer uma força, porque acho não tem jeito mesmo, de gostar mais dele.
E o final? Como o primeiro esse segundo também foi do tipo ‘abruptamente maravilhoso’. Estou louca pelo último livro da trilogia! A autora, definitivamente, não perdeu a mão em Demonglass!
Momento superficial on: A capa nem precisa comentar não é? Linda e já é minha preferida das duas. Adorei o laranja da capa e o vestido da modelo também. Curiosíssima sobre a próxima.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Por ai # 5

Tudo Junto e misturado(?)

news, coisas sem sentido... tem de tudo!



Alguns lançamentos de julho! Eu quero todos! ‘Wolfsbane’ é o segundo livro da série Nightshade e mesmo com uma capa horrível e saindo do lindo padrão da primeira capa eu quero, pois estou com saudade do Ren. ‘Supernaturally’ é o segundo livro da divertidíssima série ‘Paranormalcy’. Forever(LINDO) é o último livros da trilogia ‘lobos de Mercy falls’(chorando já). ‘Fins are forever’ é o segundo livro da série que eu estou doida para acompanhar já que amei os primeiros livros que li da Tera. E mais dois livros de duas autoras que eu já amo... ‘Sometimes it happens’(mesma autora de Two-way street) e ‘Love Story’ da Echols(mesma autora de ‘Going too far’ e ‘Endeless Summer’). Quero dinheiro!




Capa do segundo livro do ‘Spin off’ de VA(Bloodlines series). Eu prefiro essa capa a primeira. Adorei a cor! O efeito ficou legal.




QUERO ESSE BOX! Eu sei, eu sei... Tenho os dois primeiros livros, mas QUERO esse Box! #descontrolada.




Na semana passada a editora ‘novo conceito’ divulgou os lançamentos de agosto! Eu amei as sinopses dos três livros. O primeiro eu não conhecia, mas ‘Não sou esse tipo de garota’ e ‘o céu está em todo o lugar’ já me chamavam a atenção entre os livros internacionais! Minha capa preferida é essa última! Perceberam que a sai da menina é TOTALMENTE curta?

Resenha Premiada #7


A resenha que escolhi para a resenha premiada dessa semana foi: ‘City of fallen Angels’ da Cassandra Clare. Foram 14 comentários participantes! A sortuda foi:






PARABÉNS SALOMÉ







Manda um email com seus dados para nicholek_@hotmail.com



Continuem COMENTANDO que semana que vem tem mais resenha premiada!