segunda-feira, 30 de abril de 2012

O começo de Um Livro...


O começo de um livro é decisivo – pelo menos para mim – que tenho a mania de pegar o livro da estante e ler o comecinho da história esperando por aquele sentimento de ‘é esse que eu vou ler agora’. Lógico que se formos analisar o porquê dessa sensação, o fato de um começo que desperte curiosidade facilmente a explica. Então, sim, é essencial um começo que logo de cara conquiste o leitor.

Eu quis compartilhar essa ideia com vocês desde quando eu comecei a ler ‘A Tale of Two Cities’ do Charles Dickens. Eu digo ‘desde quando comecei’ porque eu tomo doses homeopáticas dessa leitura todos os dias. É dessa forma que eu geralmente leio clássico, saboreando cada palavra.

Pois bem, o primeiro parágrafo de ‘A Tale of Two Cities’ é simplesmente sensacional. Eu sou apaixonada por história e principalmente por revolução (seja ela qual for). E o livro começa fazendo uma das mais belas descrições sobre o período da revolução Francesa. É extremamente poética. Dickens conseguiu em um parágrafo descrever um momento que muita gente tenta descrever através de inúmeras folhas e palavras e na maioria das vezes não consegue. Agora me respondam: Tem como alguém não largar tudo o que está fazendo e ler o livro depois de um começo como esse:


Dickens seu lindo, dar um abraço!

 "Foi o melhor dos tempos, / foi o pior dos tempos, / foi a idade da sabedoria, / foi a idade da tolice, / foi a época da fé, / foi a época da incredulidade, / foi a estação da luz, / foi a estação das trevas, / foi a primavera da esperança, / foi o inverno do desespero / tínhamos tudo diante de nós, tínhamos nada diante de nós...”

O parágrafo de ‘A Tale of Two Cities’ é inquestionavelmente arrebatador. Mas existem começos de livros que conquistam com apenas uma palavra, uma frase. Não sei se algo assim já aconteceu com você. Mas, por exemplo, quando eu peguei ‘Divergent’ para ler eu me deparei com a seguinte frase: ‘Existe um espelho na minha casa’. E depois de ler isso eu fiquei logo me perguntando ‘Como Assim?’, ‘Um só espelho?’. E, claro, que bastou isso para que eu ficasse curiosa e começasse a ler. Assim como em ‘Divergent’ diversos outros livros foram escolhidos por mim – ou me escolheram -dessa forma. Por uma palavra, frase, parágrafo.

O ruim é quando o livro começa incrível prometendo uma viagem literária maravilhosa, mas não consegue manter essa promessa.

Ok, fugir do assunto.

O fato é: O livro tem diversos elementos. Ler é mais do que juntar palavras. Mexe com tantos aspectos, que ao mesmo tempo acaba envolvendo e misturando a complexidade e a simplicidade. Um bom começo é mais um desses fatores, eu diria que não só um dos fatores, mas sim um fator indispensável. Pois, um bom começo, é o estalo inicial para as outras ideias.

 Então, uma prece por mais inicios de leitura arrebatadores.

Então agora quero ouvir vocês. O que acham? Algum inicio de livro memorável?

domingo, 29 de abril de 2012

Eu e os livros essa semana #59

  

“Meme semanal sobre as minhas leituras. O que eu li, reli, estou lendo e pretendo ler. Além dos livros que recebi durante a semana”.

  Juro que eu tirei essas fotos deitada, tamanha a preguiça!
  Chegou a coisa linda do ‘I’ve got your number’, livro da Kinsella! ÉÉÉÉ´lindo gente! Estou apaixonada. Haha. Muita gente está falando bem da história, o que eu já esperava! Afinal a Sophie é DIVA, uma das minhas escritoras preferidas. Vai pra frente da fila com certeza!
  Do BookSneeze chegou ‘Eyes of Justice’ que faz parte da série ‘Triple Threat’. Eu tenho o primeiro, ‘Heart of Ice’ e fiquei extremamente feliz por ter conseguido esse. o/

Algo que me deixou ainda mais animada é que entre as Phrases do livro tem uma que o compara a série do ‘Clube das Mulheres contra o Crime’ do Patterson. Fiquei TODA: Ahmeudeus preciso ler isso!

  O último que chegou foi ‘Slice’. Esse eu comprei depois de ler vários elogios ao autor. Ele sempre escreveu livro em verso. Slice foi a primeira experiência em prosa e eu decidi começar por ele. Se eu gostar com certeza vou atrás dos outros.


E vocês? Como estão? Como foi a semana?

sexta-feira, 27 de abril de 2012

[Lendo em Inglês] Importando livros!

Continuando- muito tempo depois- como os posts da coluna ‘Lendo em Inglês’, hoje vou falar sobre uma dúvida muito comum: Onde e como importar livros.

Eu já adianto que quem tiver outras dúvidas além das que eu tentarei expor neste post, por favor, fique à vontade para perguntar nos comentários. Responderei a todos.

As duas lojas mais conhecidas são sem dúvida a Amazon e o Book Depository. O BD virou queridinho entre os que leem em inglês principalmente por causa das palavrinhas mágicas ‘Free Shipping ’. Quem não gosta de um frete grátis hein? Apesar de a Amazon cobrar frete, o valor da compra acaba não sendo tão diferente, pois a Amazon geralmente tem um preço de livro menor do que o BD. O que acaba, claro, compensando a ausência de frete no Book Depository.

Eu costumo comprar nas duas lojas e nunca tive problemas algum. Quando tenho qualquer dúvida entro em contato com eles e resolvo. Sempre me responderam. Então eu indico as duas lojas para a compra. Agora vamos a alguns detalhes e dúvidas que podem ajuda-los:

-Cadastro: O cadastro é como em qualquer outra loja online aqui no Brasil. Os dados que você está acostumado a usar: nome, endereço, e-mail e senha. Pode colocar tudo em português.

- Cartão Internacional: Não tem jeito! Para importar livros diretamente dessas lojas o cartão internacional é obrigatório.

  
Abro um parêntese aqui para falar de outra forma de pagamento aceita pelo BD. Na verdade é uma forma de você comprar em várias outras lojas e que não vai precisar sempre preencher os dados do cartão de crédito: Um intermediário entre você e a loja. Sem falar que é mais seguro. Esse meio é o Paypay. Você pode cadastrar seu cartão internacional no paypay(eles cobram uma pequena taxa pelo cadastro, esta vem na próxima fatura do cartão junto com uma senha para começar a usar o paypal) e fazer suas comprar só marcando esta como sua forma de pagamento. Eu uso Paypay sempre quando eu compro no BD – a amazon ainda não aceita essa forma de pagamento. Mas vale ressaltar que mesmo comprando direto nessas lojas você tem a opção de que o seu cartão ainda fique arquivado. Sendo que na hora de fechar o seu pedido na sua segunda compra em diante, você apenas preenche com o código de segurança.

-Tempo de entrega das compras: Importar custa menos, mas o tempo para a encomenda chegar geralmente é maior. E ainda é um tempo bastante relativo. O cliente tem como acompanhar quando for enviado, mas infelizmente depois de sair dos EUA não existe uma maneira de manter o rastreio da mercadoria. Tem que realmente esperar.

Algo que posso dizer por experiência própria é que a primeira compra é sempre a mais longa. Depois os prazos ficam menos agonizantes (eu já recebi compras com 15 dias, por exemplo). E volto a dizer que qualquer dúvida com relação ao seu pedido você pode mandar um e-mail para as lojas. Eu sempre obtive respostas.

-Existe algum gasto extra com importação?: Não. Importar livros não tem nenhum custo adicional. Tudo o que você paga é na hora da comprar depois não existe nenhuma taxa.

E falando em gastos... Na fatura do seu cartão o valor da sua compra já vem discriminado em real. De acordo com a cotação do dólar e tudo mais. Não me pergunte nada sobre isso porque fiz Direito e não economia obrigada.

-E quem não tem cartão internacional mas quer importar como faz? : Acho interessante falar dessas opções onde você pode comprar livros importados aqui mesmo no Brasil. A Saraiva, a Cultura, a Fnac e a Travessa possuem livros importados- inclusive pronta entrega- em seus estoques.  O que você deve ter em mente é que importar por essas lojas pode não ser tão vantajoso quanto nas lojas de fora. Afinal depois de várias taxas o valor não vai ser diferente de comprar livros em português. Claro que se o livro não tiver edição em português essa diferença não se aplica e é uma opção para aqueles que não possuem cartão internacional.

Eu recentemente comprei no Better World Books (uma loja de livros usados) e assim que eu receber minhas comprar (AMÉM) eu falo da experiência com vocês.

O post já ficou enorme então vou parar por aqui. Mas por favor, se faltou alguma coisa ou se tiverem dúvida podem deixar nos comentários. E como eu venho sempre falando nessa coluna: se tiverem sugestão para outros posts podem dividir! Espero que o post tenha servido.

Não leu os outros posts dessa coluna? Então clique aqui:

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Estilhaça-me, Tahereh Mafi.


Eu adoro distopia. Sempre quando tenho a oportunidade de ler alguma fico animada para conhecer logo a história e a nova sociedade e saber assim qual será o assunto da vez. A crítica social que será trazida pela autora.

No caso de ‘Estilhaça-me’ a história envolve uma garota que está mantida presa há 264 dias porque simplesmente não pode tocar ninguém. O seu toque é letal.  Então imaginem estar presa há tanto tempo e sem nenhum contato? Nenhum contato! Esse foi um lado que eu apreciei muito na narração da autora. Ela soube passar esse sentimento. A aflição da personagem. Eu sentir essa necessidade na Juliette, a necessidade que todo ser humano tem por liberdade.

Em relação à crítica social, o livro abordar uma sociedade que chegou ao limite no abuso aos recursos naturais. Esse é outro aspecto que sempre ganha um ponto comigo. Uma história que deixar algo a se pensar. Nesse caso: O que nós estamos fazendo com o nosso próprio futuro. Será que não podemos reverter ou diminuir esse impacto?

E apesar de gostar desses aspectos que eu citei, eu não gostei do livro. Eu li várias resenhas e fiquei empolgada para a leitura. Infelizmente não consegui gostar. Não ficou marcada. Nem mesmo o romance me deixou satisfeita e vocês sabem como isso é raro nas minhas leituras (!).

Eu estou tendo sérios problemas para a ficção mais paranormal/futurística/sobrenatural. São poucos os livros nesses estilos que conseguem me prender, infelizmente.

Não sei explicar ao certo em que ponto o livro não funcionou pra mim. Eu simplesmente, mesmo diante do potencial do livro, não fiquei curiosa para saber como tudo ia acontecer ou mesmo fiquei convencida de todos os outros aspectos envolvendo a sociedade. Com o restabelecimento, por exemplo.

O que não significa que eu deixe de recomendar o livro. Ainda não li nenhuma crítica negativa e isso indicar alguma coisa. Então como eu sempre digo: Leia e tire suas próprias conclusões. Vai saber né, talvez o problema seja eu mesma =)

Editora:
 Novo Conceito
ISBN: 9788563219909
Publicação: 1ªed.2012
Páginas: 304
Idioma: Português
Onde Comprarsaraiva
*Livro recebido para resenha

terça-feira, 24 de abril de 2012

The Things a Brother Knows, Dana Reinhardt.

*ao fundo um pedaço do direito civil =0


Eu partilho da mesma opinião que a do autor Markus Zusak:

‘Quando você começa a ler um livro da Dana Reinhardt, é como descobrir um novo amigo. Quando você vira a última página é como falar adeus para seu melhor amigo, e eu não consigo pensar em nada melhor para pedir como uma escritora’.

A história é daquelas em que cada palavra toca você. Tanto pela temática do livro quanto pela grande sensibilidade com que a autora o escreve.

‘The Things a Brother Knows’ é a história de como uma Guerra é capaz de transforma uma pessoa e tudo e todos que estão ao seu redor.

Levi é um personagem extremamente cativante. E é sob o olhar dele que o leitor acompanha essa transformação. Boaz, o irmão mais velho de Levi e em torno de quem a história gira, por não ser um narrador, me deixou completamente intrigada. Intrigante é só uma palavra das inúmeras outras com as quais  eu o qualificaria. Ele é um personagem incrível e que só cresce mais e mais durante o livro. Aliás, todos os personagens deixaram uma forte impressão em mim. Os dois amigos do Levi, por exemplo, a Pearl e o Zim são ótimos. Vivazes e cheios de personalidade.

Eu só tenho elogios a ‘The Things a Brother Knows’. Com certeza lerei os outros livros da autora. Esse é um dos YA’s cuja história você não encontra facilmente por ai.

***
Editora:
 Ember
ISBN: 978-0375844560
Publicação: 2011
Páginas: 253
Idioma: Inglês
Onde ComprarBook Depository
Inglês Básico

domingo, 22 de abril de 2012

Eu e os livros essa semana #58


Antes de tudo eu quero agradecer ao povo que permanece fiel ao blog mesmo com meu desleixo na reciprocidade dos comentários. Eu estou sem tempo gente! Sério! Mas logo vou me organizar para pelo menos um dia na semana conseguir visitar vocês. Então, OBRIGADA LINDOS! =)

Vamos ao que chegou nessa semana:

Eu ganhei ‘The Help’ numa promoção no blog da Mayra Moura. Fiquei tão feliz! Esse livro é muito elogiado por todos os que leem e eu estava bastante ansiosa para lê-lo. Além disso, vocês já sabem que eu não sou a pessoa mais sortuda do mundo então quando eu ganho alguma coisa em sorteio a comemoração tem que ser grande. Haha =)
Eu também ganhei ‘The Fault in our Star’, mas esse veio como presentinho da minha grande amiga Cláudia. Fique feliz demais! Obrigada amiga, super inesperado! Eu agora tenho que criar vergonha e ler os livros que eu tenho do John Green. Haha
E por fim, recebi ‘Spell Bound’. Que eu comprei mesmo estava louca para que chegasse logo. É o último livro da trilogia ‘Hex Hall’. Já comecei a ler o/

Espero que a semana de vocês tenha sido ótima e, claro, cheia de livros! Beijos

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Casamento à Italiana, Nick Pellegrino.

questo libro è un vero pezzo d'italia!
Ciao a Tutti!!

‘Casamento à Italiana’ é uma história deliciosa. E quando eu digo deliciosa não me refiro somente a ótima história criada pela autora Nick Pellegrino. O livro também é recheado de referências à culinária italiana. Então um aviso aos que lerão ‘casamento à Italiana’: Você vai sofrer querendo provar das delicias feitas pelo chefe da família, Beppi. Melhor fazer um lanchinho antes de começar!

Como uma boa família Italiana, além de uma mesa farta, os Martinelli também possuem muitas histórias para contar e segredos a serem revelados. É justamente essas histórias e segredos que formam o entretenimento em ‘Casamento à Italiana’.

A história de duas gerações tornou o livro ainda mais revigorante. O leitor acompanha não só os dilemas de Pieta, quanto também tudo o que aconteceu com os seus pais, numa Itália na década de 50, para que a vida deles se tornasse o que é hoje. E que história a de Catherine e Beppi! Atrevo-me a falar que foi ainda melhor estar no passado, nas lembranças, do que está propriamente no presente da família Martinelli. A mescla de gerações não poderia dar mais certo.

O livro é um verdadeiro pedacinho da Itália em Londres. Com muito amor, romance, família e reviravoltas.
Eu amei e sem dúvida indico! Nessas horas me pergunto por que deixei o livro esperando tanto tempo para ser lido!
***
Editora: Pruma
ISBN: 9788579270017
Publicação: 1ªed.2009
Páginas: 312
Idioma: Português
Onde Comprar: Saraiva

terça-feira, 17 de abril de 2012

Na minha wishlist #18

“Na minha wishlist é o meme onde mostrarei para vocês os meus desejados. Os livros que possivelmente estarão na minha basket algum dia”.
Quanto tempo eu não desejo nada no ‘minha wish list’ gente! O que não significa que eu não tenha comprado o que eu desejo. Separei alguns livros que estou ansiosíssima OH, NOVIDADE! para ter em mãos:


‘O filho de Neturno’ - Rick Riordan: A continuação de ‘O Herói Perdido’ vai sair nesse mês e eu desejo totalmente saber o que vai acontecer dessa vez. As narrações do Rick Riordan são deliciosas. E é sempre bom embarcar nessas aventuras mitológicas! *_*



‘Something Like Normal’ –Trish Doller: Esse livro tem recebidos ótimas críticas lá fora. Está em pré-venda e vai demorar um pouquinho para chegar, mas já quero garanti meu exemplar. Achei o plot bem familiar e senti a mesma vontade que tive ao me deparar com ‘The Things a Brother Knows’. Guerra, Traumas e mudanças!
‘Rescue Me’ – Rachel Gibson: Nem precisa dizer o porquê desse livro aqui entre os desejado não é? Eu adoro a Gibson! Esse não tem nenhuma relação com as séries que ela escreve, é um Stand Alone. Mas, claro, parece ser romance dos bons! Adorei essa capa, é simples e linda! Também já está em pré-venda.


‘6ª Alvo’ – James Patterson: Quem acompanha o blog sabe o quanto eu estou amando a série ‘Clube das Mulheres contra o Crime’. Esse é o sexto livro e promete! Li o primeiro capítulo e já estou agoniada para saber mais.

E a Wish List de vocês, como anda?

domingo, 15 de abril de 2012

Eu e os livros essa semana #57


“Meme semanal sobre as minhas leituras. O que eu li, reli, estou lendo e pretendo ler. Além dos livros que recebi durante a semana”

Sair da deprê literária, mas não tive muito tempo pra ler. Consegui terminar ‘Moonglass’, que eu já resenhei no ‘Confissões Literárias’ da Mary. E comecei ‘Casamento a Italiana’, que é ótimo! Nessas horas eu fico pensando no porque eu deixei o livro tanto tempo esperando... Enfim, vamos ao que chegou:
‘To Kill a mockingbird’ é um clássico que eu queria ler a bastante tempo. Eu comprei o pocket que tem essa capa que é uma graça. Estou in love...

‘kit's wilderness’ é o livro do desafio printz desse mês. É bem diferente do que comumente leio, mas esses desafios são justamente feitos para isso não é? - É livro com uma pitada de fantasia!

‘Poison Study’ e ‘Fire Study’ são os livros que faltavam para a trilogia ficar completa. Eu, por descuido, acabei comprando o segundo livro no lugar do primeiro e não pude começar a série, mas agora o problema acabou. Eu estou extremamente curiosa, essa série é muito elogiada!


‘Estilhaça-me’ é o sucesso do momento. Outro livro que está sendo muito bem falado. Eu estou lendo ele aos pouquinhos. Até agora estou gostando. É uma ideia interessante! E eu adoro distopias!

Receberam muitos livrinhos? Espero que sim! Boa semana a todos e até...
Participe do prêmio seguidor do mês! É só comentar nos posts do blog e preencher o formulário AQUI.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Livro que virou filme #7

THE HUNGER GAMES MOVIE!

Eu não poderia deixar de falar um pouquinho do filme sensação do momento. Eu assistir semana passada e só agora criei coragem, ultimamente estou com uma preguiça horrorosa, para dividir com vocês minha opinião.

ATENÇÃO: Muitos comentários esporádicos e carregados de emoção!

O filme agrada a todos! Principalmente aqueles que eu me enquadro aqui sempre sofrem com as adaptações. Simplesmente porque o filme é, na maior parte, fidedigno ao livro. E a sensação de fidelidade para um fã é maravilhosa! Então já começo com a minha opinião final:

AHHHHHHHHH, É MUITO BOM! CORRE E VÁ ASSISTIR!!!!!!!

Eu gostei de tudo. Sério. Qualquer dúvida com relação aos atores acabou se dissipando com a atuação deles. Jennifer Lawrence atuou perfeitamente como Katniss. E Gale e Peeta também não poderiam ser interpretados de maneira melhor. Josh Hutcherson foi tão Peeta!

Peeta,direto de ponte para Terabítia para conquistar meu coração!

Algo que eu adorei também foi a forma como o filme concretizou a capital e seus cidadãos. Quem não leu o livro vai rir horrores do exagero e da forma caricatural da galera ‘civilizada’, da liderança dos distritos.

A tripulação mais sanguinária dos jogos. E entre eles o líder, Grego, como minha companheira de filme afetivamente apelidou ou simplesmente o Odioso Cato. Ok, ele pode ser odioso, mas escolheram um ator LINDO para interpretá-lo, Lindo, pelo menos, até sua parte psicopata aparecer.

Definitivamente a parte mais triste. Me emocionei quando eu li e vendo o filme não foi diferente. Amandla Stenberg como Rue foi uma fofa!

Talvez o que deixou a desejar, pelo menos para mim, foi a relação entre a Katniss e o Peeta. Não me entendam mal, os dois foram ótimos. O beijo foi lindinho e tudo. Mais a profundidade do sentimento do Peeta amor não teve o foco que merecia

Mesmo assim eu adorei o primeiro filme e com certeza fiquei ansiosa pela continuação! o/

E quem viu ai? O que achou?

quarta-feira, 11 de abril de 2012

5º Cavaleiro, James Patterson.


Ele tem nas mãos o poder de decidir quem deve viver ou morrer. O Clube das Mulheres contra o Crime precisa deter um assassino à solta num hospital.
***
Eu li esse livro no começo do ano (olha o tempo passando rápido!), mas como eu já adoro essa série quero resenhar todos os livros que eu ler (comprei os primeiros, como mostrei para vocês no eu e os livros, tamanha minha empolgação!).
Esse livro começou bem, já que eu ganhei numa promoção no blog da e ficou melhor ainda com a narração rapidinha e viciante do Patterson. Apesar de pertencer a uma série – volto a repetir- não precisa ler na ordem, pode chegar à vontade por qualquer livro.
‘5ª Cavaleiro’ me deixou extremamente ligada do início ao fim. Os Crimes em sequências se intercalam com um julgamento eletrizante. Esse pingue pongue entre os dois momentos foi sensacional. Agora junto com a tensão tem momentos tristes! Ai, chorei, falo logo!
Além disso, tem mais ‘clube das mulheres’ e mais Lindsay e Joe(italiano gente!). Eu amo como o essa série equilibra de tudo um pouco. Acho que é por isso que eu – não tão fã do gênero – me peguei adorando-a!
Por isso que eu indico principalmente para quem torce o nariz para esse gênero. James Patterson é DIVO!
Só deixei minha empolgação correr solta nessa resenha porque não tem muito que falar do plot, seria muito Spoiler. Só posso dizer que foi ainda melhor do que 4 de julho!
***
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580410341
Publicação: 1ªed.2011
Páginas: 210
Idioma: Português
Onde Comprar: Saraiva

domingo, 8 de abril de 2012

Eu e os Livros essa semana #56

“Meme semanal sobre as minhas leituras. O que eu li, reli, estou lendo e pretendo ler. Além dos livros que recebi durante a semana”.

Mais uma semana sem ler nada! OHMEUDEUS! Eu fico angustiada nessas fases de depressão literária! Principalmente porque nessas fases os livros se acumulam em pilhas arquitetonicamente impossíveis. Entretanto, não é só a falta de disposição que está impedindo meu fluxo natural de leitura, mas também o monte de livros para a faculdade que eu tenho para ler. Ai, fazer direito dar trabalho. Ok, vamos deixar o blá,blá, blá de lada e vamos ao que interessa: OS LIVROS QUE CHEGARAM!
‘Never Been Kissed’ é um achado e tanto. Obrigada Karla! – Eu adoro o filme e nem sabia da existência do livro inspirado no script. Fiquei extremamente feliz! O livro ainda tem fotos do filme! o/

Haruki Murakami é um autor muito elogiado. E faz um tempo que eu queria ler algo dele. Como li umas resenhas falando que esse era o livro mais ‘pé no chão’ do autor, decidir entrar no mundo Murakami através desse livro. Vários livros do autor já tem tradução para o português, eu é que quis compra-lo em inglês!

Chegou ‘Garota Replay’ da Tammy Luciano. Eu sempre tive vontade de ler algo da Tammy, até comentei isso no facebook. Esse parece ser bem divertido. Uma garota que encontra outra igual a ela? Haha. A edição está linda!

Adorei o clima retrô da capa de ‘O Espião’. Não é muito meu estilo de leitura, mas é sempre bom ler algo diferente de vez em quando.

‘Cruzando o caminho do Sol’ foi a sinopse que mais me chamou a atenção. Tráfico internacional de mulheres, direitos humanos... tem mais a ver com o meu clima atual!

Essa semana foi isso gente! Chegaram mais dois livros, mas resolvi deixar para o próximo post para não ficar muito extenso. É isso! FELIZ PÁSCOA e boa semana a todos!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Julie James Becomes My Best Friend...

Prometi que falaria sobre a Julie James aqui no blog e cá estou eu para cumprir essa promessa. Espero que gostem da dica! E não se esqueçam de comentar e participar do prêmio seguidor do mês de ABRIL. Formulário AQUI.

Quando eu gosto do livro de um autor eu sou do tipo que vai em busca de todos os outros livros para ler. Julie James foi uma das mais recentes autoras a participar desse meu ciclo. 0.0

Li o primeiro, ‘Just the Sexiest Man Alive’ e me apaixonei pelo bom humor, pelos personagens e pelas histórias cheias de personalidade. São romances com doses de tudo o que quem gosta do gênero aprecia.

Outra coisa que sempre se confirmava ao ler os livros da James eram as cenas que você com certeza guardar com carinho. Do tipo que você vai querer reler várias vezes.

Quem tiver a oportunidade de ler em inglês e gostar do estilo, não pense duas vezes! Quero mais romances nos moldes da JULIE JAMES JÁ!

A Julie James possui quatro livros lançados. Dois ambientados no mundo jurídico e outros dois integrantes de uma série chamada FBI – acho que já dar para ter uma noção do que se trata, não é? – que além de romance trás também muito mistério numa trama viciante.

O terceiro livro da série FBI acabou de ser lançado lá fora eu não vejo a hora de ler. E a título de curiosidade, essa é uma daquelas séries em que você encontra personagens de outros livros fazendo participações especiais. OMG, EU ADORO ISSO!

Ordem de leitura:

‘Just The Sexiest Man Alive’

‘Practice Makes Perfect’

‘Something About You’ (FBI #1)

‘A lot Like Love’ (FBI #2)

‘About That Night’(FBI #3) - Lançado dia 3 de Abril.

Eu resenhei os livros na minha página do Skoob, quem quiser conferir é só clicar AQUI.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Looking for Alibrandi, Melina Marchetta.

Josephine Alibrandi está no ultimo ano do colégio e mesmo sendo destaque nos estudos não consegue se sentir boa o suficiente. Ser uma descendente de Italianos vivendo na Austrália e não saber quem é o pai são os principais motivos para ela se sentir dessa forma. ‘Looking For Alibrandi’ é uma jornada na vida de uma adolescente que quer,acima de tudo, descobrir-se.

‘Looking for Alibrandi’ é viciante. É um ótimo exemplo de que quando você quer ler alguma coisa falta de tempo é o menor dos problemas.

Com esse livro eu só confirmei o dom que a Melina Marchetta tem para criar histórias que deixam o leitor naquela ânsia de querer sempre mais. E olha que esse nem é considerado o melhor livro da autora.

O maior entretenimento para mim nesse livro foi a relação da Josie com a família, principalmente com o pai, com quem ela começa a conviver depois de dezoito anos. Um toque a mais é que a família da Josie é ITALIANA. E vocês sabem o quanto eu adoro livros que fazem alguma referência à Itália. Com uma boa família italiana é lógico que existem muitas reuniões e nelas muitos barracos e segredos de família aqui e ali sendo revelados.

Outro ponto forte do livro é a própria protagonista. Ela é daquele tipo que você gostaria de ter como melhor amiga. De forma alguma a Josie deixa um comentário passar. Diálogos divertidos e bem feitos estão garantidos.

Cinco estrelas com todos os méritos. Eu não senti a diferença que muita gente fala por ser o primeiro livro da autora. Ela me conquistaria só com esse livro.

Algo interessante que acabei descobrindo fuçando por ai sobre o livro é que existe uma adaptação para os cinemas! Vou tentar saber um pouco mais sobre isso...

Leitura recomendada!

Editora: Knopf Books

ISBN: 978-0375836947

Publicação: 2006

Páginas: 320

Idioma: Inglês

Onde Comprar: Amazon

Inglês Básico

terça-feira, 3 de abril de 2012

Resultado do Prêmio Seguidor do Mês de Março.

Oi gente,

Desculpa pelo atraso no resultado, o post deveria ter saído ontem! Ontem eu estava off para o mundo virtual! Haha

Anyways,

Obrigada pela participação. Nos mês de março foram 55 entradas. E o sortudo sorteado entre todos esses números foi:

DANIELA TIEMI


Você vai ganhar um kit lindo de ‘Para Sempre’. O kit vem com livro, embalagem, marcador de livro e um bloco de anotações!

E todos podem participar do prêmio seguidor (inclusive se já foi sorteado) do mês de Abril. É só comentar nos posts do mês de Abril(comentários relacionados ao post e com um mínimo de conteúdo!) e preencher o formulário abaixo. Boa sorte a todos desde já! o/

FORMULÁRIO DO MÊS DE ABRIL

Dani, entra em contado pelo email: nicholek_@hotmail.com com os dados para o envio do livro OK?